Avaliação de materiais didáticos: uma proposta de ensino do conteúdo geometria molecular para alunos com deficiência visual

  • Ana Patrícia Martins Barros UNIVERSIDADE ESTADUAL DA PARAÍBA
  • Francisco Ferreira Dantas Filho
Palavras-chave: Avaliação de uma proposta; Educação Inclusiva; Ensino de Química; materiais alternativos.

Resumo

A pesquisa apresenta contribuições de um deficiente visual responsável pelo departamento de educação inclusiva, quanto às potencialidades de uma proposta didática e os materiais nela utilizados, para o desenvolvimento da compreensão do conteúdo Geometria molecular em uma sala de aula inclusiva. Qualitativamente, este estudo possibilitou validar tais instrumentos observando o contexto da investigação e suas implicações ao propor esta averiguação. Do ponto de vista teórico nos pautamos em Manzato e Santos (2018), Gil (2002), Marconi e Lakatos (2003), Manzato e Santos (2016). A pesquisa exploratória aponta validar instrumentos e proporcionar familiaridade com o campo de estudo. Compõe a primeira etapa de um estudo mais amplo, e é comumente utilizada em pesquisas cujo tema foi pouco explorado, podendo ser aplicada em estudos iniciais para se obter uma visão geral acerca de determinados fatos. Os resultados são animadores tendo em vista que se trata de uma iniciativa para um maior diálogo e percepção para um campo epistemológico, visando uma construção significativa de uma educação inclusiva, principalmente, em uma área ainda tão carente de materiais que possibilite essa inclusão, que é o ensino de Química.

 

Publicado
16-09-2019
Como Citar
BARROS, A.; DANTAS FILHO, F. Avaliação de materiais didáticos: uma proposta de ensino do conteúdo geometria molecular para alunos com deficiência visual. Revista Insignare Scientia - RIS, v. 2, n. 2, p. 56-75, 16 set. 2019.