OUROBOROS: um jogo de tabuleiro para o Ensino de Química

  • Aline Balbueno Freitas Universidade Federal do Pampa - UNIPAMPA
  • Daisy de Lima Nunes Universidade Federal do Pampa - UNIPAMPA http://orcid.org/0000-0002-3879-6353
  • Carla Cristina Borges Medina Universidade Federal do Pampa - UNIPAMPA
  • Maria Laura Videiro Schmitt Universidade Federal do Pampa - UNIPAMPA
  • Amanda Gomes de Abreu Universidade Federal do Pampa - UNIPAMPA
  • Mário Sérgio Nunes Bica Universidade Federal do Pampa - UNIPAMPA http://orcid.org/0000-0001-9193-7082
  • Rafael Roehrs Universidade Federal do Pampa - UNIPAMPA http://orcid.org/0000-0003-2825-2560
Palavras-chave: jogo didático, alunos, química, aprendizagem, Ouroboros

Resumo

Os jogos de tabuleiros são uma ferramenta de aprendizagem significativa no ensino de Química, o jogo de tabuleiro Ouroboros criado no GIPPE (Grupo interdisciplinar em pesquisa em prática de ensino) tem como objetivo geral enfatizar a importância de proporcionar condições de o aluno aprender química jogando. Foi realizado um teste com alunos da Graduação de Ciências da Natureza, para verificar o rendimento da turma. Aplicou-se a metodologia de campo para posteriormente comprovar-se essa dinâmica por meio da pesquisa bibliográfica, isto é, os jogos são instrumentos cada vez mais eficazes na construção do conhecimento, ou seja, OuroBoros pode ser jogo didático e instrumento que podem auxiliar na aprendizagem e ainda despertar a interação social do aluno. Sendo que o objetivo desse trabalho foi o de avaliar o jogo como um recurso pedagógico que viabiliza além da ludicidade o conhecimento do conteúdo da ementa no processo de ensino- aprendizagem em uma turma de Graduação de Licenciatura de Ciências da Natureza.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Aline Balbueno Freitas, Universidade Federal do Pampa - UNIPAMPA

Licenciada em Ciências da Natureza.

Daisy de Lima Nunes, Universidade Federal do Pampa - UNIPAMPA

Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências:Química da Vida e Saúde da Universidade Federal do Pampa. Licenciada em Ciências da Natureza. Integrante do Grupo Interdisicplinar de Pesquisa em Prática de Ensino.

Carla Cristina Borges Medina, Universidade Federal do Pampa - UNIPAMPA

Licenciada em Ciências da Natureza pela universaidade Federal do Pampa.  Professora de Ciências da Natureza da Rede estadual de ensino. Integrante do Grupo Interdisciplinar de Pesquisa em Prática de Ensino - GIPPE, UNIPAMPA/ Campus Uruguaiana. Integrante do Grupo de Pesquisa em Inovação Pedagógica na Formação Acadêmico-Profissional de Profissionais da Educação (GRUPI).

Maria Laura Videiro Schmitt, Universidade Federal do Pampa - UNIPAMPA

Engenheira Química graduada pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). Aluna especial do mestrado do Programa de Pós-Graduação em Bioquímica na Universidade Federal do Pampa - UNIPAMPA/Campus Uruguaiana. Integrante do Grupo Interdisciplinar de Pesquisa em Prática de Ensino - GIPPE da UNIPAMPA/Campus Uruguaiana. Professora de inglês na escola de idiomas Yazigi, Uruguaiana.

Amanda Gomes de Abreu, Universidade Federal do Pampa - UNIPAMPA

Estudante de Licenciatura em Ciências da Natureza.

Mário Sérgio Nunes Bica, Universidade Federal do Pampa - UNIPAMPA

Mestre em Educação em Ciências pelo Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde da Universidade Federal do Pampa.

Rafael Roehrs, Universidade Federal do Pampa - UNIPAMPA

Professor do curso de Graduação de Licenciatura em Ciências da Natureza, do Programa de Pós-Graduação de Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde e do Programa de Pós-Graduação em Bioquímica, da Universidade Federal do Pampa - UNIPAMPA/Campus Uruguaiana. Líder do Grupo Interdisciplinar de Pesquisa em Prática de Ensino - GIPPE da UNIPAMPA/Campus Uruguaiana.

Publicado
18-12-2020
Como Citar
FREITAS, A.; NUNES, D.; BORGES MEDINA, C.; VIDEIRO SCHMITT, M.; GOMES DE ABREU, A.; NUNES BICA, M.; ROEHRS, R. OUROBOROS: um jogo de tabuleiro para o Ensino de Química. Revista Insignare Scientia - RIS, v. 3, n. 5, p. 372-392, 18 dez. 2020.
Seção
Relatos de Experiências