Os Livros Didáticos de Química: uma Análise das Atividades Investigativas

  • Ana Carolina Araújo da Silva Universidade Federal de Juiz de Fora
  • Gahelyka Aghta Pantano Souza Universidade Federal do Acre
  • Jéssica Othoni Fernandes Moraes

Resumo

Nos últimos anos houve um aumento no número de publicações científicas, nacionais e internacionais, que respaldam a relevância das atividades experimentais no processo de ensino e aprendizagem. Nesse sentido, os livros didáticos (LDs) têm disponibilizado uma série de atividades experimentais que sejam economicamente acessíveis à realidade das escolas públicas brasileiras, e que levem em conta a participação dos estudantes no processo de ensino. O presente trabalho tem como objetivo apresentar uma análise que visa identificar os tipos de atividades experimentais presentes nos LDs de química do ensino médio e caracterizar suas possibilidades investigativas. por meio de uma pesquisa do tipo qualitativa e seguindo os pressupostos teóricos da análise de conteúdo. O corpus de análise são os livros didáticos de química para o ensino médio aprovados pelo programa nacional do livro e do material didático/2018. A pesquisa possui duas etapas principais que são: a exploração e quantificação das atividades experimentais nos LDs e a análise das unidades de registros. A nossa intenção, nesta pesquisa, é produzir uma compreensão crítica e reflexiva sobre as atividades experimentais investigativas presentes nos livros didáticos, além de possibilitar uma ampliação relativa às possibilidades e limitações deste material, especialmente para área de ciências da natureza.

Publicado
19-12-2019
Como Citar
SILVA, A. C.; SOUZA, G.; MORAES, J. Os Livros Didáticos de Química: uma Análise das Atividades Investigativas. Revista Insignare Scientia - RIS, v. 2, n. 4, p. 1- 19, 19 dez. 2019.