Campos entre Taipas e Aramados: novos olhares sobre a paisagem serrana Catarinense

  • Cristiane Fortkamp Schuch UFSC

Resumo

A importância dos estudos sobre a paisagem tem por base as interações de seus vestígios na história, sendo a percepção e o olhar os vetores de transmissão de significados, apresentando se como imagem, no limiar entre a existência física e mental. Desta forma, o presente artigo propõe se a elaborar um exercício de análise sobre a história dos campos de altitude do planalto catarinense, compreendendo que a natureza transformada pela ação humana é consequência de relações materiais, mas também simbólicas que grupos humanos com o meio ambiente, de maneira que os lugares nos quais estão inscritas as existências humanas foram construídos pelos homens, ao mesmo tempo pela sua ação técnica e pelo discurso que mantinham sobre ela, o que os torna reflexivos e produtos de diferentes experiências culturais.
Publicado
10-01-2019
Como Citar
FORTKAMP SCHUCH, Cristiane. Campos entre Taipas e Aramados: novos olhares sobre a paisagem serrana Catarinense. Fronteiras: Revista Catarinense de História, [S.l.], n. 32, p. 149-169, jan. 2019. ISSN 2238-9717. Disponível em: <https://periodicos.uffs.edu.br/index.php/FRCH/article/view/10638>. Acesso em: 17 jan. 2019.