Jogo virtual como ferramenta para o ensino-aprendizagem de citologia no Ensino Médio

  • Gracieli Dall Ostro Persich Colégio Tiradentes da Brigada Militar de Santo Ângelo – Santo Ângelo/RS
Palavras-chave: ensino de biologia; Kahoot!; tecnologias digitais de informação e comunicação.

Resumo

Este relato descreve uma prática inovadora em sala de aula que consistiu no uso de uma ferramenta tecnológica para abordar conteúdos de citologia em aulas de Biologia. A atividade aconteceu com três turmas de primeiro ano do Ensino Médio de uma escola pública estadual em Santo Ângelo/RS. A ferramenta em questão foi o aplicativo Kahoot!, tendo sido usado como estratégia de ensino-aprendizagem como jogo para produção de conhecimentos e incentivo ao trabalho colaborativo. Ressalta-se os resultados positivos da prática realizada por meio do relato dos educandos participantes da mesma, dos quais a maioria afirmou não conhecer o jogo virtual ou nunca tê-lo acessado para aprendizagem em Biologia. O crescente uso das tecnologias digitais de informação e comunicação deve ser alvo de investimento nas formações de professores, pois tal prática comprovou que para que a tecnologia se torne aliada ao ensino, são necessários materiais geralmente disponíveis na palma da mão de professores e alunos do contexto atual das escolas públicas brasileiras. O desafio que emerge é o domínio do uso dos jogos virtuais como estratégia de ensino-aprendizagem para tornar as aulas de Biologia mais dinâmicas, ativas e atrativas para as gerações que já nasceram com acesso aos aparelhos eletrônicos e internet.

Publicado
21-11-2019
Como Citar
PERSICH, G. Jogo virtual como ferramenta para o ensino-aprendizagem de citologia no Ensino Médio. Revista Insignare Scientia - RIS, v. 2, n. 3, p. 165-172, 21 nov. 2019.