Os filmes e jogos didáticos no trabalho educativo com reeducação alimentar

  • Daniele Bremm Universidade Federal da Fronteira Sul
Palavras-chave: Educação em ciências, Formação de professores, Metodologias de ensino.

Resumo

Este trabalho dialoga sobre o uso de filmes e de jogos como ferramentas didáticas para trabalhar conceitos de Ciências, a partir do desenvolvimento de um conjunto de aulas produzidas em uma escola pública do município de Cerro Largo- RS, por meio da intervenção do Programa de Educação Tutorial – PETCiências da Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS). Para o conteúdo de educação alimentar, utilizou-se o filme: “Muito além do peso”, com o objetivo de sensibilizar os alunos em relação aos seus hábitos alimentares. Na sequência utilizou-se de um jogo didático com degustação de alimentos para resolver a problemática da associação da vitamina as suas respectivas fontes. O objetivo deste trabalho é realizar uma análise das potencialidades dos filmes e jogos didáticos para trabalhar a educação alimentar. Podemos perceber que o uso de filmes como ferramenta didática facilita a sensibilização dos alunos, uma vez que o audiovisual é algo que chama muito a atenção dos pequenos, podendo assim, ser usado com facilidade para iniciar a educação alimentar. A aprendizagem de experiências através dos sentidos, realizada através do jogo também se mostrou efetiva para a aprendizagem resolvendo o problema que a turma apresentava para relacionar a vitamina e as suas fontes.

Publicado
21-11-2019
Como Citar
BREMM, D. Os filmes e jogos didáticos no trabalho educativo com reeducação alimentar. Revista Insignare Scientia - RIS, v. 2, n. 3, p. 92-102, 21 nov. 2019.