Conhecimentos e comportamentos relacionados à saúde de escolares

Palavras-chave: Promoção da saúde; Adolescente; Conhecimento.

Resumo

O estudo objetivou analisar os conhecimentos e comportamentos relacionados à saúde de escolares do ensino fundamental. A amostra foi composta por 180 escolares do 6° ao 9°ano. Para verificar os comportamentos promotores e de riscos à saúde, empregou-se o questionário Global School-based Student Health Survey e para o estado nutricional foi calculado a adequação IMC/idade. Para análise das questões, utilizou-se, como principal aporte metodológico, a análise de conteúdo, fundamentada na análise categorial, e para os dados quantitativos usou-se a estatística descritiva (frequências, percentuais e médias) e a inferencial (correlação de spearman e qui-quadrado). Constatou-se que a maioria dos alunos associam vida saudável à alimentação saudável e a prática de atividades físicas, compreendem a alimentação saudável como a ingestão de nutrientes que trazem benefícios à saúde, estão expostos a fatores de risco à saúde, como inatividade física, baixo consumo de alimentos considerados marcadores de alimentação saudável e consumo de bebida alcoólicas. Infere-se que há prevalência de comportamentos de riscos entre os adolescentes e destaca-se a necessidade de trabalhar temas sobre promoção da saúde na escola com o objetivo de desenvolver a saúde de forma consciente, segura e efetiva.

Biografia do Autor

Laura Mendes Rodrigues Fumagalli, Me., UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA

Licenciada em Educação Física pela Pontifícia Universidade Católica do RS (2008), Especialista em Educação Física Escolar pela Universidade do Norte do Paraná, (2017), Mestra em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde, pela Universidade Federal do Pampa- Unipampa (2019) e Doutoranda do Programa de Pós Graduação em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde, da Universidade Federal do Pampa- Unipampa (2019/2) Atuação inicial no Centro de Atenção Psicossocial- CAPS (2006 à 2008), no Projeto de Promoção da Saúde, Prevenção de Doenças e Agravos não Transmissíveis- DANTs, (2009 à 2014) e Centro de Convivência Maior (2010 à 2014). Nomeada para rede municipal, (2011) e estadual (2014) na educação básica como professora de educação física dos anos finais do ensino fundamental e ensino médio. Integrante do Grupo de Estudos em Educação Física e Esportes- GEEFE, do Grupo de Estudos e Pesquisa em Estágio e Formação de Professores - GEPEF. Possui interesse nas áreas de Educação Física Escolar, Saúde, Educação em Saúde, Metodologias Ativas e Formação de Professores.

Thais de Lima dos Santos, Srª, UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA

Mestranda no curso Educação em Ciências: Química da vida e saúde- Universidade Federal do Pampa (Unipampa); Graduada em Letras e suas Respectivas Linguagens- Universidade Pitágoras (Unopar); Graduada em Licenciatura em Educação Física- Universidade Federal do Pampa (Unipampa); Participante do Grupo de Estudo em Educação Física e Esporte; Participante do grupo de Estudo em Movimento e Ambiente.

Veronica de Carvalho Vargas, Srª, UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA

Possui graduação em Educação Física pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1994), Curso de Especialização em: Educação Física na escola (2017), mestranda do Programa de Pós Graduação Educação em Ciências: Quimica da Vida e Saúde. Atualmente é integrante dos grupos: Grupo de Estudos em Educação Física e Esportes - GEEFE atuando principalmente nos seguintes temas: avaliação nutricional, atividade física, educação física e aptidão física e Grupo de Estudos e pesquisa em Estágio e Formação de Professores GEPEF. Docente da Rede Municipal e Estadual de Ensino.

Phillip Vilanova Ilha, Dr., UNIVERSIDADE FEDERAL DO PAMPA

Possui Licenciatura Plena em Educação Física (2000), especialização em Ciência do Movimento Humano (2003), especialização em Mídias na Educação (2004), mestrado em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde (2013) e Doutorado em Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde (2016), todos pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Atualmente é professor do magistério superior da Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA) e docente permanente do Programa de Pós-Graduação de Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde da Unipampa. Atua na área de Educação Física e Ensino, trabalhando principalmente nos seguintes temas: Práticas pedagógicas na educação física escolar; Metodologia e ensino aprendizagem dos esportes; Projetos de aprendizagem; Formação de professores; Atividade física e promoção da saúde. Coordenador-Líder do Grupo de Estudos em Educação Física e Esportes - GEEFE, da Unipampa.

Referências

AGATHÃO, B. T.; REICHENHEIM, M. E.; MORAES, C. L. Qualidade de vida relaciona à saúde de adolescentes escolares. Ciências, Saúde Coletiva, v. 23, n. 2, p. 659- 668, 2018. Disponível em: . Acesso em: 21 mar. 2019.
BARDIN, L. Análise de Conteúdos. Edições 70, São Paulo: 2011.
BRASIL. Secretarias de Políticas de Saúde: Projeto Promoção da Saúde: As cartas da Promoção da Saúde. Brasília: Ministério da Saúde, 2002. Disponível em: . Acesso em: 28 out. 2018.
BRASIL. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Pesquisa Nacional de Saúde 2013: Percepção do estado de saúde, estilos de vida e doenças crônicas. Rio de Janeiro: IBGE, 2014.
BRASIL. Nações Unidas Do Brasil: 80% dos adolescentes no mundo não praticam atividades físicas suficientes. 2018. Disponível Acesso em: 11 abr. 2019.
BRASIL. Ministério da Saúde. Proteger e cuidar da Saúde do adolescente na Atenção Básica. Ministério da Saúde: Brasília, 2017. Disponível em: . Acesso em: 5 de mai. 2019.
BRASIL. Ministério da Saúde. Pesquisa nacional de saúde do escolar: 2015. Rio de Janeiro: IBGE, 2016. Disponível em: . Acesso em: 5 de mai. 2019.
BOFF, M.; BORTOLI, J.; MAÇANEIRO, C. A.; MATOS, R. X.; BOTTAN, E. R.; CAMPOS, L.; DA SILVEIRA, E. G. Saúde para mim é: a concepção de alunos do ensino fundamental de escolas públicas. SALUSVITA, v. 33, n. 1, p. 5- 15, 2014. Disponível em: . Acesso em: 5 abr. 2019.
BOTTAN, E. R.; CAMPOS, L.; VERWIEBE, A. P. S. Significado do conceito de saúde na perspectiva de escolares do ensino fundamental. Revista Brasileira de Pesquisa em Saúde, v. 21, n. 4, p. 240- 245, 2008. Disponível em: . Acesso em: 7 mar. 2019.
BROGNÓLLIO, J. de S.; CERETTA, L. B.; SORATTO, J.; TOMASI, C. D.; RIBEIRO, R. S. V. Relação entre estado nutricional e conhecimento sobre alimentação adequada e saudável de escolares. Revista Brasileira de Qualidade de Vida, v. 10, n 2, p. 1- 13, 2018. Disponível em: . Acesso em: 2 de mar. 2019.
CARNEIRO, C. S.; PEIXOTO, M. R. G.; MENDONÇAI, K. L.; PÓVOA , T. I. R.; NASCENTE, F. M. N.; JARDIMI, T. S. V.; SOUZA, W. K. S. B.; SOUSA, A. L. L.; JARDIM, P. C. B. V. Excesso de peso e fatores associados em adolescentes de uma capital brasileira. Revista Brasileira de Epidemiologia, v. 20, n.2, p. 260- 273, 2017. Disponível em: < http://twixar.me/yXZn>. Acesso em: 7 mar. 2019.
COLEONE, J. D.; KÜMPELB, D. A.; ALVES, A. L. S.; MATTOS, C. B. Perfil nutricional e alimentar de escolares matriculados em uma escola municipal. Ciência & Saúde, v. 10, n. 1, p.34- 38, 2017. Disponível em: . Acesso em: 8 abr. 2019.
COSTA, M. C.; DE SOUZA, A. F.; LIMA, J. T. do N.; DE SOUZA, S. D. F.; FERREIRA, F. V.; MARQUES, A. R. de A. Estado nutricional, práticas alimentares, e conhecimentos em nutrição de escolares. Revista Atenção à saúde, v.16, n.56, p. 12-17, 2018. Disponível em: . Acesso em: 3 mai. 2019.
FARIAS JUNIOR, J. C.; NAHAS, M. V.; BARROS, M. V. G.; LOCH, M. R.; OLIVEIRA, E. S. A.; DE BEM, M. F. L.; LOPES, A. DA S. Comportamentos de risco à saúde em adolescentes no Sul do Brasil: prevalência e fatores associados. Revista Panam Salud Pública, v. 25, n. 4, p. 344- 352, 2009. Disponível em: . Acesso em: 3 mai. 2019.
FIGUEIREDO, T. A. M.; MACHADO, V. L. T.; ABREU, M. M. S. A saúde na escola: um breve resgate histórico. Ciências e Saúde, v. 15, n.2, p. 397- 402, 2010. Disponível em: . Acesso em: 10 abr. 2019.
GOMES, C. L. R. Relação entre estado nutricional, saúde bucal, condições socioeconômicas e autopercepção de saúde em adolescentes e adultos jovens: estudo transversal. 2016, 56 f. Dissertação (Mestrado), Faculdade de Odontologia de Piracicaba, Universidade Estadual de Campinas, 2016. Disponível em: . Acesso em: 2 mai. 2019.
GOMES, C. M.; HORTA, N. de C. Promoção de saúde do adolescente em âmbito escolar. Revista APS, v.13, n.4, p. 486- 499, 2010. Disponível em: . Acesso em: 7 jul. 2018.
GRILLO, L. P.; KLITZKE, C. A. CAMPOS, I. C.; MEZADRI, T. Riscos nutricionais de escolares pertencentes a famílias de baixa renda no litoral Catarinense. Texto & Contexto, v.14, n.17, p. 17- 23, 2005. Disponível em: . Acesso em: 18 abr. 2019.
HALLAL, P. C.; KNUTH, A. G.; CRUZ, D. K. A.; MENDES, M. I.; MALTA, D. C. Prática de atividade física em adolescentes brasileiros. Ciências & Saúde Coletiva, v.15, n.2, p. 3035-3042, 2010. Disponível em: . Acesso em: 1 mai. 2019.
HOEHR, C. F.; REUTER, C. P.; TORNQUIST, L.; NUNES, H. M. B.; BURGOS, M. S. Prevalência de obesidade e hipertensão arterial em escolares: estudo comparativo entre escolas rurais do município de Santa Cruz do Sul/RS. Revista de Epidemiologia e Controle de Infecção, v.4, n.2, p. 122-126, 2014. Disponível em: . Acesso em: 7 mar. 2019.
LEGNANI, R. F. S.; DELLAGRANA, R. A.; DA SILVA, M. P.; FILHO, V. C. B.; CAMPOS, W. Comportamentos de risco à saúde e excesso de peso corporal em escolares de Toledo, Paraná, Brasil. Motricidade, v.8, n.3, p. 59- 70, 2012. Disponível em: . Acesso em: 18 abr. 2019.
MALTA, D. C.; SARDINHA, L. M. V.; MENDES, I.; BARRETO, S. M.; GIATTI, L.; CASTRO, I. R. R. de; MOURA, L.; DIAS, A. J .R.; CRESPO, C. Prevalência de fatores de risco e proteção de doenças crônicas não transmissíveis em adolescentes: resultado da pesquisa Nacional de Saúde do Escolar (PeNSE), Brasil, 2009. Ciências & Saúde Coletiva, v.15, n.2, p. 3009- 3019, 2010. Disponível em: . Acesso em: 1 abr. 2019.
MESSIAS, C. M. B. O.; MENDES, M. L. M.; SANTOS, C. N.; SILVA, E. I. G.; MARTIM, W. C. Consumo de frutas, legumes e verduras por adolescentes de uma escola pública de Petrolina - Pernambuco. Adolescência & Saúde, v.13, n.4, p.81- 88, 2016. Disponível em: . Acesso em: 5 abr. 2019.
MONTEIRO, A. I.; MEDEIROS, J. D.; OLIVEIRA, J. R. Estilo de vida e vulnerabilidade social dos adolescentes no Bairro de Felipe Camarão, Natal/RN, 2005. Revista Eletrônica Enfermagem, v.9, n.1, p. 81- 88, 2007. Disponível em: . Acesso em: 3 abr. 2019.
ORGANIZAÇÃO PAN AMERICANA DA SAÚDE. Alimentação e Nutrição: folhas informativas. 2016. Disponível em: . Acesso em: 5 mar. 2019.
PEDROSO, R. T.; HAMANN, E. M. Adequações do piloto do programa Unplugged#Tamojunto para promoção à saúde e prevenção de drogas em escolas brasileiras. Ciências & Saúde Coletiva, v.24, n.2, p. 371- 381, 2019. Disponível em: . Acesso em: 4 mai. 2019.
RICARDO, C. Z. Patrões de comportamento de risco e proteção relacionados a doenças crônicas a doenças crônicas não transmissíveis entre adolescentes brasileiros. 2017, 86 f. Dissertação (Mestrado), Faculdade de Medicina, Universidade de São Paulo. Disponível em: . Acesso em: 2 mai. 2019.
SILVA, R. J. dos S. Comportamento de risco à saúde em adolescentes de Aracaju e região metropolitana. 2016, 176 f. Tese (Doutorado), Ciências da Saúde, Universidade Federal de Sergipe. Disponível em: . Acesso em: 12 mar. 2019.
SILVA, D. O.; RECINE, E. G. I. G.; QUEIROZ, E. F. O. Concepções de profissionais de saúde da atenção básica sobre a alimentação saudável no Distrito Federal, Brasil. Caderno de Saúde Pública, v.5, n.18, p. 1367- 1377, 2002. Disponível em: . Acesso em: 1 mar. 2019.
SILVA, D. C. A.; FRAZÃO, I. S.; OSÓRIO, M. M.; VASCONCELOS, M. G. L. Percepção de adolescentes sobre a prática de alimentação saudável. Ciências & Saúde Coletiva, v.20, n.11, p. 3299- 3308, 2015. Disponível em: . Acesso em: 5 abr. 2019.
THOMAS, J. R.; NELSON, J. K.; Métodos de pesquisa em atividade física. 3. ed. Porto Alegre: ARTMED, 2002.
TORAL, N.; CONTI, M. A.; SLATER, B. A alimentação saudável na ótica dos adolescentes: percepções e barreiras à sua implementação e características esperadas em materiais educativos. Cadernos de Saúde Pública, v.11, n.25, p. 2386- 2394, 2009. Disponível em: . Acesso em: 5 abr. 2019.
UNICEF. Fundo das Nações Unidas para a Infância. Situação Mundial da Infância e adolescência 2011: Adolescência uma fase de oportunidades. New York: UNICEF. Disponível em: . Acesso em: 3 mar. 2019.
WHO. Global Recommendations on Physical Activity for Health. WHO, 2011. Disponível Acesso em: 29 mar. 2019.
Publicado
19-12-2019
Como Citar
FUMAGALLI, L.; SANTOS, T.; VARGAS, V.; ILHA, P. Conhecimentos e comportamentos relacionados à saúde de escolares. Revista Insignare Scientia - RIS, v. 2, n. 4, p. 100-118, 19 dez. 2019.