A Inserção da perspectiva Ciência- Tecnologia-Sociedade na formação inicial de professores de Química

  • SINARA MÜNCHEN UNIVERSIDADE FEDERAL DA FRONTEIRA SUL - CAMPUS ERECHIM
Palavras-chave: formação inicial de professores, CTS, Ensino de Química

Resumo

Neste trabalho investigou-se a inserção da perspectiva Ciência-Tecnologia-Sociedade (CTS) na formação inicial de professores em um componente curricular de Prática de Ensino, com estudantes de Licenciatura em Química de uma Instituição da região Centro-Oeste do país. Os instrumentos usados para coleta de dados foram dois questionários e sequências didáticas (SD) elaboradas pelos participantes da pesquisa. A partir dos dados dos questionários indica-se que os licenciandos apresentaram um conhecimento incipiente sobre a abordagem CTS no ensino, pois alguns aspectos ainda reforçam visões simplistas da ciência e tecnologia. As SD construídas destacam aspectos como o uso de temas, a tentativa de retomada da questão social ao final da SD, a discussão de assuntos controversos e de problemáticas ambientais, e as fragilidades evidenciadas são a exemplificação, a abordagem marcadamente conceitual e disciplinar e a ausência da discussão de questões tecnológicas. A partir das análises das SD pode-se observar que essa experiência desafiou os licenciandos a pensarem uma organização de ensino a partir de outra perspectiva. Embora, com diversas limitações, entende-se que é necessário que os professores em formação tenham espaços de discussão e reflexão acerca de abordagens de caráter mais amplo, apoiadas em temas/problemas relacionados ao contexto, e que possam discutir os modelos de desenvolvimento científico e tecnológico.

Publicado
19-12-2019
Como Citar
MÜNCHEN, S. A Inserção da perspectiva Ciência- Tecnologia-Sociedade na formação inicial de professores de Química. Revista Insignare Scientia - RIS, v. 2, n. 4, p. 416-434, 19 dez. 2019.
Seção
Dissertações e Teses