A gamificação da Botânica: uma estratégia para a cura da “cegueira botânica"

  • Emanuelle Almeida Costa Universidade Federal de Alagoas
  • Rafaela Andressa Fonseca Duarte Instituto Federal de Alagoas
  • José Aparecido da Silva Gama Instituto Federal de Alagoas

Resumo

O Ensino de Botânica tem sido motivo de diversas preocupações no Ensino Fundamental, uma delas é a falta de interesse por parte dos alunos e por parte de alguns professores que tem negligenciado o estudo das plantas. Essa falta de interesse é explicada pelo tipo de relação que temos com as plantas, uma vez que a maioria das pessoas não conseguem perceber as plantas cotidianamente o que chamamos de “cegueira botânica”. O presente trabalho tem a finalidade de promover a cura da “cegueira botânica” fazendo com que os alunos de fato compreenda e reconheça sua importância por meio uso do gamificação no qual foi criado um jogo didático de tabuleiro intitulado “Trilha Botânica”, aplicado para uma turma de 7° ano (6° série) do ensino fundamental. Com os resultados da atividade lúdica desenvolvida ficou demonstrada uma mudança significativa na aprendizagem dos alunos participantes e nós concluímos destacando que o uso da gamificação no ensino de Botânica constituem um recurso de grande potencial para a cura da “cegueira botânica”.

Palavras-chave: Jogos didáticos; Ensino de botânica; Jogo de tabuleiro.

Publicado
19-12-2019
Como Citar
COSTA, E.; DUARTE, R. A.; GAMA, J. A. A gamificação da Botânica: uma estratégia para a cura da “cegueira botânica". Revista Insignare Scientia - RIS, v. 2, n. 4, p. 79-99, 19 dez. 2019.