Aliando a aprendizagem de conceitos com a construção de modelos didáticos em aulas de Anatomia Vegetal

  • Amanda Knob Back UNiversidade Federal da Fronteira Sul
Palavras-chave: Botânica; Ensino de Ciências; Metodologia de ensino; Zea mays.

Resumo

Neste trabalho foi confeccionado o modelo didático do corte transversal da folha de Zea mays. O qual possui grande importância na formação, levando em conta que este pode ser utilizado em aulas práticas em sala de aula, uma vez em que no modelo didático os alunos poderão visualizar e manusear o objeto de estudo, facilitando na compreensão de conteúdos de anatomia, inclusive para pessoas com deficiência visual, pois o modelo é tridimensional, contendo assim diferentes texturas. O uso destas ferramentas de ensino permite que o professor realize suas aulas de forma prática, simples e menos complexa do ponto de vista dos alunos. A visualização de uma estrutura em três dimensões pode facilitar o processo de ensino e aprendizagem nos diferentes níveis de ensino, já que as escolas da rede pública em sua grande maioria não dispõem de microscópio e outros equipamentos que viabilizem a visualização de estruturas microscópicas e facilitem o estudo de ciências. Para a referida construção, tomou- se como base as estruturas visíveis no corte transversal da folha de Zea mays. Buscou-se fidelidade ao que é visto em lâminas das aulas práticas, se teve o cuidado de
colocar as estruturas de acordo com suas posições e cores vistas.

Publicado
21-11-2019
Como Citar
BACK, A. Aliando a aprendizagem de conceitos com a construção de modelos didáticos em aulas de Anatomia Vegetal. Revista Insignare Scientia - RIS, v. 2, n. 3, p. 13-20, 21 nov. 2019.