Reflexões sobre o papel da alimentação saudável no contexto escolar

  • Cleiton Edmundo Baumgratz Universidade Federal da Fronteira Sul- Campus Cerro Largo
  • Riceli Gomes Czekalski Universidade Federal da Fronteira Sul- Campus Cerro Largo
  • Mateus dos Santos Oliveira Universidade Federal da Fronteira Sul- Campus Cerro Largo https://orcid.org/0000-0003-4659-8215
  • Erica do Espirito Santo Hermel Universidade Federal da Fronteira Sul- Campus Cerro Largo https://orcid.org/0000-0001-5750-1437
Palavras-chave: Ensino de Ciências. Prática pedagógica. Currículo.

Resumo

O presente texto apresenta um relato de experiência que aborda os princípios de uma alimentação saudável, na qual a atividade foi desenvolvida pelos bolsistas do programa PETCiências. O objetivo dessa ação era avaliar os conhecimentos prévios e subsequentes dos alunos a respeito do tema alimentação saudável, antes de ser introduzido o conteúdo pela professora da turma. A prática foi desenvolvida com a turma de 8º ano do Ensino Fundamental de uma escola pública Estadual de Ensino Fundamental do município de Cerro Largo – RS. Tendo duração de uma hora aula, os dados foram obtidos a partir dos registros, anotações, questionários, discussões e confecção de cartaz após a finalização do encontro. Assim, identifica-se que além de promover a educação problematizadora e integradora dos discentes e consequentemente do ambiente escolar em que estão inseridos, a abordagem da alimentação saudável, permite a construção do conhecimento no componente curricular de Ciências fortalecendo e desenvolvendo a própria prática com a possibilidade de reflexão e conscientização.

Referências

ACCIOLY, E. A escola como promotora da alimentação saudável. Instituto de Nutrição Josué de Castro – UFRJ. Ciência em tela. v. 2, n. 2, 2009. Disponível em: http://www.mobilizadores.org.br/wp-content/uploads/2016/03/A-escola-como-promotora-da alimentacao-saudavel.pdf. Acesso em: 29 abr. 2019.
GOES. M. R. B. Avaliação da alimentação escolar oferecida aos alunos em creche. Natal/RN 2016. [TCC]. Disponível em: https://monografias.ufrn.br/jspui/bitstream/123456789/3285/1/Avalia%C3%A7%C3%A3oalimenta%C3%A7%C3%A3oescolar_2016_Trabalho%20de%20Conclus%C3%A3o%20de%20Curso Acesso em: 29 abr. 2019.
IMBERNÓN, F. Formação docente e profissional: formar-se para a mudança e a incerteza. 9. ed. São Paulo: Cortez, 2011. 127 p.41
LOVATO, M. A. P.; SOUZA, J. M. T. Obesidade e qualidade de vida na escola. Caderno PDE, ISBN 978-85-8015-093-3 v. 1. Paraná. 2016. Disponível em: http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/portals/cadernospde/pdebusca/producoes_pde/2016/2016_artigo_bio_utfpr_mariaaparecidapereira.pdf Acesso em: 30 abr. 2019.
LÜDKE, Menga; ANDRÉ; Marli, E. D. A. Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. 2. Ed. Rio de Janeiro. E.P.U. 2013.
ROSITO, B. A. O Ensino de Ciências e a Experimentação. In: MORAES, Roque (Org.). Construtivismo e Ensino de Ciências: Reflexões epistemológicas e metodológicas. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2000.p.195-207.
TRAVAIN, S.; TRAVAIN, C.; ASSIS, A. A visão dos alunos do ensino fundamental sobre a caloria dos alimentos e seu impacto na saúde. Revista Insignare Scientia - RIS, v. 1, n. 3, 17 fev. 2019.
CALLEGARO, K. ; HERMEL, E. E. S. ; GULLICH, R. I. C. ; ABDEL, J. E. D. Construindo um modelo de pirâmide alimentar: orientação para uma alimentação saudável. In: VI Encontro Regional Sul de Ensino de Biologia (EREBIO-SUL). XVI Semana Acadêmica de Ciências Biológicas., 2013, Santo Ângelo-RS. Anais do VI Encontro Regional Sul de Ensino de Biologia. XVI Semana Acadêmica de Ciências Biológicas: a docência em Biologia: da formação inicial à formação continuada tecendo CTSA., 2013.
Publicado
19-09-2019
Como Citar
BAUMGRATZ, C.; CZEKALSKI, R.; OLIVEIRA, M.; HERMEL, E. Reflexões sobre o papel da alimentação saudável no contexto escolar. Revista Insignare Scientia - RIS, v. 2, n. 2, p. 266-276, 19 set. 2019.
Seção
Relatos de Experiências