Diversidade de Gênero e Sexualidade no processo formativo docente

  • Clarines Hames Instituto Federal Farroupilha - Campus Santo Augusto
  • Adriana Toso Kemp Instituto Federal Farroupilha - Campus Santo Ângelo
Palavras-chave: diversidade sexual; ensino de ciências; formação de professores.

Resumo

O foco deste texto é refletir sobre questões de sexualidade e diversidade de gênero a partir de interações realizadas na formação inicial de professores de Ciências/Biologia. Foi desenvolvida uma sequência didática nas aulas de Prática de Ensino de Biologia II, em três momentos: aulas, interações nas escolas e elaboração de artigo. Ao final, os acadêmicos responderam à questão: “no seu entendimento, a área de Biologia/Ciências tem responsabilidade na discussão das questões de gênero e sexualidade? Justifique.” Percebeu-se que as concepções dos acadêmicos ainda têm um enfoque na anatomia e fisiologia de sistemas, doenças e prevenção. A dimensão afetiva e prazerosa da sexualidade é negligenciada. As reflexões apontam para a ampliação do papel da Ciência/Biologia nessas discussões, bem como a importância de um diálogo qualificado com outras áreas do conhecimento.

Publicado
20-05-2019
Como Citar
HAMES, C.; KEMP, A. Diversidade de Gênero e Sexualidade no processo formativo docente. Revista Insignare Scientia - RIS, v. 2, n. 1, p. 67-74, 20 maio 2019.
Seção
Relatos de Experiências