Educação Ambiental nos anos iniciais do ensino fundamental: várias formas de trabalhar os seus temas

  • Adriana Tourinho Salamoni Universidade Federal do Rio Grande
  • André Nunes Maduell Universidade Federal do Rio Grande - FURG
  • Dienifer Irigaray Silveira Universidade Federal do Rio Grande – FURG
  • Letícia Hanna dos Santos Falcão Universidade Federal do Rio Grande – FURG
Palavras-chave: Conscientização, Escola, Processo de Aprendizagem, Sustentabilidade

Resumo

O modelo atual de desenvolvimento econômico vem utilizando os recursos naturais além de suas capacidades, sem se preocupar com as gerações futuras. Assim, é indispensável a adoção de um novo modelo de crescimento, ressaltando a importância da sustentabilidade associada à qualidade de vida. Considerando a importância da temática ambiental e a visão integrada do mundo, sobressaem-se as escolas, como espaços privilegiados na implementação das atividades de conscientização. Com o objetivo de incentivar a extensão universitária e trabalhar a educação ambiental em escolas do município de São Lourenço do Sul, foi desenvolvido um trabalho piloto numa escola municipal, a fim de construirmos uma metodologia de trabalho em educação ambiental no ensino fundamental. As atividades realizadas na escola consistiram de rodas de conversa, jogos, brincadeiras, apresentação de vídeos, desenhos e atividades práticas. Foram realizadas com alunos das séries iniciais e desenvolvidas atividades de conscientização, a partir da conceituação de temas relacionados ao meio ambiente, rodas de conversas, brincadeiras, jogos e atividades práticas. O trabalho teve uma ótima aceitação pela direção e professores da escola e os alunos sempre se mostraram disponíveis, interessados e receptivos às atividades propostas. O projeto mostrou a possibilidade de se desenvolver atividades de extensão em escolas municipais contando com a participação da comunidade acadêmica. Foi importante adequarmos as formas de trabalho à idade dos alunos e, também, realizar uma discussão inicial, conceituando os temas, antes de aplicar jogos, brincadeiras e atividades práticas, tornando o lúdico parte chave do processo de aprendizagem.

Palavras-chave: Conscientização, Escola, Processo de Aprendizagem, Sustentabilidade

Environmental education in the early grades of elementary school: several ways of working its topics

Abstract: The current economic development model has been using natural resources beyond its capabilities without considering future generations. Therefore, it is essential to adopt a new growth model that emphasizes the importance of sustainability associated with quality of life. Considering the importance of the environmental theme and the integrated vision of the world, it becomes clear how important schools are as a space to implement activities to bring awareness about this topic. To encourage university extension and working on environmental education in the schools of São Lourenço do Sul town (Rio Grande Sul State, Brazil), a pilot project was created to develop a methodology of environmental work for elementary grades in municipal schools of São Lourenço do Sul. The activities accomplished within the schools consisted of conversation circles, games and plays, presentations of videos, drawings, and practical activities. This pilot project was welcomed by the school’s principal and teachers, as well as the students who were always interested and available to learn about the proposed activities. This project showed that it is possible to develop extension activities in the municipal schools involving the university community participation. It was important to adapt the ways of working to the age of the students and also conduct an initial discussion conceptualizing the themes before working through games and plays, practical activities, making playful part of the learning process.

Keywords: Awareness, School, Learning Process, Sustainability

Biografia do Autor

Adriana Tourinho Salamoni, Universidade Federal do Rio Grande

Docente do Curso de Agroecologia da Universidade Federal do Rio Grande - FURG, Campus São Lourenço do Sul

André Nunes Maduell, Universidade Federal do Rio Grande - FURG

Graduando em Agroecologia da Universidade Federal do Rio Grande – FURG

Dienifer Irigaray Silveira, Universidade Federal do Rio Grande – FURG

Graduanda em Agroecologia da Universidade Federal do Rio Grande – FURG

Letícia Hanna dos Santos Falcão, Universidade Federal do Rio Grande – FURG

Graduanda em Agroecologia da Universidade Federal do Rio Grande – FURG

Referências

Abreu, G. G. de, & Rodrigues, M. A. (2013). O tratamento de educação ambiental nas escolas públicas e privadas: Um estudo de caso nas escolas do ensino fundamental da cidade de Uruçuí-PI. Enciclopédia Biosfera, 9(16), 2371-2384.

Andrade, T. Y. I., & Talamoni, J. L. B. (2013). A educação ambiental nas escolas municipais de Brotas (SP): Análise de concepções e ações no contexto do programa Município Verde Azul. EPEA - Encontro Pesquisa em Educação Ambiental, 7, Rio Claro - SP, 07 a 10 de julho de 2013. Rio Claro: UNESP. Recuperado de http://www.epea.tmp.br/ epea2013_anais/pdfs/plenary/0123-1.pdf

Antunes, C. (2001). Como transformar informações em conhecimento. 5. ed. Petrópolis-RJ: Vozes.

Aragão, P. G. de V., & Dutra, H. V. G. (2017). Caminhos para a educação ambiental através da extensão e da interdisciplinaridade: a experiência do projeto tema em foco. Ambiente e Educação – Revista de Educação Ambiental, 22(1), 275-292.

Baumgarten, M. G. Z., Pereira, A. L., Rodrigues, H. R. S., Veloso, C., Dias, G., & Lima, K. (2017). “Vamos conversar sobre a água da ilha dos marinheiros?”: Um mini-curso para estudantes do ensino fundamental de uma comunidade sem suprimento de água potável canalizada (Rio Grande/RS). Ambiente e Educação – Revista de Educação Ambiental, 22(2), 262-282.

Bosa, C. R., & Tesser, H. C. de B. (2014). Desafios da educação ambiental nas escolas municipais do município de Caçador – SC. Revista Monografias Ambientais – REMOA, 14(2), 2996-3010.

Calleja, J. M. R. (2008). Os professores deste século. Algumas reflexões. Revista Institucional Universidad Tecnológica del Chocó, 27(1), 109-117.

Cavalcanti, A. P. B. (2011). Sustentabilidade ambiental como perspectiva de desenvolvimento. Revista Internacional Interdisciplinar - INTERthesis, 8(2), 219-237.

Cuba, M. A. (2010). Educação ambiental nas escolas. ECCOM - Revista eletrônica do curso de Comunicação Social, das Faculdades Integradas Teresa D’Ávila (FATEA), 1(2), 23-31.

Dias, G. F. (2003). Educação Ambiental: Princípios e prática. 8. ed. São Paulo: Gaia.

Fragoso, E., & Nascimento, E. C. M. (2018). A educação ambiental no ensino e na prática escolar da escola estadual Cândido Mariano, Aquidauana/MS. Ambiente e Educação – Revista de Educação Ambiental, 23(1), 161-184.

Jacobi, P. (2003). Educação Ambiental, Cidadania e Sustentabilidade. Cadernos de Pesquisa, 118, 189-205.

Narcizo, K. R. dos S. (2009). Uma análise sobre a importância de trabalhar Educação Ambiental nas escolas. Revista Eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental da Universidade Federal do Rio Grande, 22, 86-94.

Pereira, S. S., & Curi, R. C. (2012). Meio Ambiente, Impacto Ambiental e Desenvolvimento Sustentável: Conceituações Teóricas sobre o Despertar da Consciência Ambiental. Revista de Administração, Contabilidade e Sustentabilidade, 2(4), 35-57.

Rodrigues, J. C. R. (2018). A educação ambiental nas escolas de Santa Catarina. Ambiente e Educação – Revista de Educação Ambiental, 23(1), 140-160.

Sato, M. (2003). Educação Ambiental. São Carlos: Rima.

Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (2005). Década das Nações Unidas da Educação para um Desenvolvimento Sustentável, 2005-2014: Documento final do esquema internacional de implementação. Brasília: UNESCO.

Publicado
30-03-2021
Como Citar
SALAMONI, A.; MADUELL, A.; SILVEIRA, D.; FALCÃO, L. Educação Ambiental nos anos iniciais do ensino fundamental: várias formas de trabalhar os seus temas. Revista Brasileira de Extensão Universitária, v. 12, n. 1, p. 65-75, 30 mar. 2021.
Seção
Artigos