ESCOLA E COMUNIDADE: PESQUISA E EXTENSÃO EM BUSCA DA CIDADANIA EMANCIPATÓRIA

  • Leonardo Bis Santos Instituto Federal do Espírito Santo - IFES
  • Antonio Donizetti Sgarbi Instituto Federal do Espírito Santo - IFES

Resumo

Parece não haver resistência de que a aproximação entre a comunidade escolar e a do bairro é desejável, contudo, esbarramos muitas vezes nas condições materiais e na apropriação do tempo na forma de prioridades. Neste relato de experiência apresentamos uma proposta de ensino, pesquisa, extensão e mobilização para ação em curso em um bairro periférico da cidade de Vitória/ES. As propostas relatadas são resultado de um esforço conjunto entre servidores de uma escola municipal, do Instituto Federal do Espírito Santo – IFES e de moradores do bairro Jesus de Nazareth, num esforço recíproco e constante na promoção da ressignificação social positiva. Aspectos teórico-metodológicos da obra de Paulo Freire – significação do outro – em debate com o conceito de reconhecimento social de Axel Honneth são basilares para a interpretação teórica dos aspectos empíricos – ação dos sujeitos – em busca da emancipação social dos agentes.
Palavras-chave: Resistência Social, Emancipação Social, Educação Popular, Ensino em Periferias
 
School and community: research and extension in search of emancipatory citizenship
Abstract: It seems there is no resistance to the fact that the approximation between the school community and the neighborhood is desirable. However, we usually tend to come across the material conditions and time appropriation as priorities. On this experience report, we show up an ongoing proposal of teaching, research, extension and social mobilization at a specific peripheral neighborhood in the city of Vitória, Espírito Santo State, Brazil. The proposal described here are the result of a joint effort among the professionals of a municipal school, as well as the Instituto Federal do Espírito Santo – IFES, and residents of the Jesus de Nazareth neighborhood. These three groups worked together in order to promote a positive social resignification. Theoretical and methodological aspects of Paulo Freire’s work – the signification of the other – in the debate with the concept of social recognition by Axel Honneth, are fundamental to the theoretical interpretation of the empirical aspects – subjects’ actions – searching the social emancipation of the agents.
Keywords: Social Resistance, Social Emancipation, Popular Education, Teaching at Peripheral Neighborhoods
 
Escuela y comunidad: investigación y extensión en busca de la ciudadanía emancipadora
Resumen: Parece que no hay resistencia de que la aproximación entre la comunidad escolar y la del barrio es deseable, sin embargo, chocamos muchas veces en las condiciones materiales y en la apropiación del tiempo en forma de prioridades. En este relato de experiencia presentamos una propuesta de enseñanza, investigación, extensión y movilización para la acción del curso en un barrio periférico de la ciudad de Vitória / ES. Las propuestas relatadas son el resultado de un esfuerzo conjunto entre servidores de una escuela municipal, del Instituto Federal de Espírito Santo - IFES y de habitantes del barrio Jesús de Nazareth, en un esfuerzo recíproco y constante en la promoción de la resignificación social positiva. Los aspectos teórico-metodológicos de la obra de Paulo Freire - significación del otro - en debate con el concepto de reconocimiento social de Axel Honneth, son fundamentales para la interpretación teórica de los aspectos empíricos - acción de los sujetos - en busca de la emancipación social de los agentes.
Palabras-clave: Resistencia Social, Emancipación Social, Educación Popular, Enseñanza en Periferias

Referências

FREIRE, P. Pedagogia do Oprimido. 62. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2016.

HONNETH, A. Luta por reconhecimento: a gramática moral dos conflitos sociais. São Paulo: Editora 34, 2003.

LORIERI, M. A. Escola e cidade que se educam. Cadernos Cenpec/Nova série, v. 1, n. 1, p. 85-98, 2006.

MARX, K. Sobre a questão judaica. São Paulo: Boitempo, 2010.

MEKSENAS, P. Cidadania, poder e comunicação. São Paulo: Cortez, 2002.

QUINTÃO, L. do C. Modernização urbana na Belle Époque capixaba: revisitando o Novo Arrabalde. In: RIBEIRO, L. C. M. et al. (Orgs.). Modernização e modernidade no Espírito Santo. Vitória: EDUFES, 2015, p. 13-61.

SANTOS, L. B. dos. O conflito social como ferramenta teórica para interpretação histórica e sociológica. Boletim do Museu Paraense Emílio Goeldi. Ciências humanas, v. 9, n. 2, p. 541-553, 2014.

SANTOS, L. B. dos; RIBEIRO L. C. M. Disputas pelo mar: desenvolvimento e conflitos no litoral e espaço oceânico da costa capixaba. In: SANTOS JÚNIOR, J. L. dos; SANTOS, W. L. P. dos (Orgs.). Desafios do desenvolvimento capixaba no século XXI. Curitiba: Editora CRV, 2013, p. 73-89.
Publicado
25-12-2018
Como Citar
SANTOS, Leonardo Bis; SGARBI, Antonio Donizetti. ESCOLA E COMUNIDADE: PESQUISA E EXTENSÃO EM BUSCA DA CIDADANIA EMANCIPATÓRIA. REVISTA BRASILEIRA DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA, [S.l.], v. 9, n. 3, p. 135-146, dez. 2018. ISSN 2358-0399. Disponível em: <https://periodicos.uffs.edu.br/index.php/RBEU/article/view/8544>. Acesso em: 17 jan. 2019. doi: https://doi.org/10.24317/2358-0399.2018v9i3.8544.
Seção
Artigos