EXPERIÊNCIA NA CAPACITAÇÃO DE GESTORES PÚBLICOS EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA

  • Tatiana Camargo Gontscharow Faculdade de Engenharia de Ilha Solteira (Unesp)
  • Sâmia Momesso Marques Faculdade de Engenharia de Ilha Solteira (Unesp)
  • César Gustavo Rocha Lima Faculdade de Engenharia de Ilha Solteira - Universidade Estadual Paulista/UNESP
  • Jose Augusto Lollo Faculdade de Engenharia de Ilha Solteira (Unesp)
Palavras-chave: Gestão Pública, Meio Ambiente, Sistema de Informação Geográfica

Resumo

O meio ambiente e todos os aspectos relacionados ao seu uso, conservação e proteção estão sendo cada vez mais objeto de discussão. Para que a gestão pública obtenha bons resultados na proteção de recursos naturais, é fundamental o uso de tecnologias associadas à administração. Os Sistemas de Informações Geográficas (SIGs) possibilitam integrar bases de dados administrativos de municípios a bases cartográficas, permitindo maior agilidade na tomada de decisões a preservação de recursos. As múltiplas análises passíveis de execução em um SIG levam, em conjunto, a melhor gestão de uma grande massa de dados. Com tal visão, foi desenvolvido o projeto de extensão “SIG e Gestão Pública: Interação Universidade-Administração” do qual foram apresentadas aqui algumas experiências vivenciadas durante seu período de execução (2016-2017). Os objetivos do projeto foram: capacitar gestores públicos (prioritariamente), estudantes universitários e população em geral quanto à aplicação do SIG (SPRING); promover a troca de experiências das diferentes aplicações do Software na administração pública; assessorar gestores públicos na tomada de decisões, e incentivar a disponibilização de dados e resultados técnicos para novos estudos. As atividades presenciais foram realizadas nas dependências do Campus Central da UNESP de Ilha Solteira/SP e incluíram workshops e exercícios práticos com SIG. Merecem destaque a assiduidade e a avaliação final positiva dos participantes (em 2016 e 2017), as iniciativas de trocas de experiências entre eles, e a busca por novas soluções de obtenção e tratamento de dados e seu compartilhamento. As trocas de experiências e a busca por novas soluções foram as razões de maior interação entre os cursistas, e entre eles e a equipe que desenvolveu o curso.

Palavras-chave: Gestão Pública, Meio Ambiente, Sistema de Informação Geográfica (SIG)

Content shared under Creative Commons Attribution 4.0 Licence CC-BY

Experience in the training of public managers in geographical information systems  

Abstract: The environment and all aspects related to its use, conservation and protection are increasingly being the subject of discussion. To achieve good results in public management of natural resources, the use of technologies associated with the administration is essential. Geographic Information Systems (GIS) make it possible to integrate administrative databases of municipalities to cartographic databases, allowing greater flexibility in decision-making resource conservation. The multiple analyzes that can be executed in a GIS lead, together, the best management for a large amount of data. With this in mind, was developed the extension project "GIS and Public Management: University-Administration Interaction", which are presented here some experiences during its execution period (2016-2017). The objectives of the project were: to train public managers (primarily), University's students and the average population about the application of GIS (SPRING); to promote the exchange of experiences of different applications of the Software in the public administration; advise public managers on decision making and encourage the provision of data and technical results for further studies. The classroom activities were held on the premises of the UNESP Campus at Ilha Solteira - SP and included workshops and practical exercises with GIS. It is worth noting the assiduity and the positive final evaluation of all participants (in 2016 and 2017), the will to exchange experiences and the search for new ways of data acquisition and processing solutions, as well as sharing it. The experience exchange and the search for new solutions were the most critical factors in the interaction between the students and the team that developed the course.

Keywords: Public Management, Environment, Geographic Information System (GIS).

 

Experiencia en la capacitación de administradores públicos en sistemas de información geográfica  

Resumen: El medio ambiente y todo el aspecto relacionado a su uso, conservación y protección son temas actuales y objetos de discusión. Para que la gestión pública obtenga buenos resultados en la protección de los recursos naturales, es fundamental el uso de tecnologías asociadas a la administración. Los Sistemas de Información Geográfica (SIGs) posibilitan integrar las bases de datos administrativas de las ciudades con sus bases cartográficas, permitiendo mayor agilidad en la toma de decisiones en lo que se refiere a la preservación de los recursos naturales. Los múltiples análisis que se ejecuta en un SIG llevan en consideración, en conjunto, la mejor gestión de una gran cantidad de datos. Con tal visión se desarrolló el proyecto de extensión "SIG y Gestión Pública: Interacción Universidad-Administración" del cual aquí se presentan algunas de las experiencias ocurridas durante su período de ejecución (2016-2017). Los objetivos del proyecto fueron: capacitar gestores públicos (prioritariamente), estudiantes universitarios y población en general en cuanto a la aplicación del SIG (SPRING); estimular el intercambio de experiencias de las diferentes aplicaciones del Software en la administración pública; asesorar a los gestores públicos en la toma de decisiones, y alentar la disponibilidad de datos y resultados técnicos para nuevos estudios. Las actividades presenciales se realizaron en el Campus Central de la UNESP de Ilha Solteira/SP e incluyeron talleres y ejercicios prácticos con SIG. Se destaca la asiduidad y la evaluación final positiva de los participantes (en 2016 y 2017), las iniciativas de intercambio de experiencias entre ellos, y la búsqueda de nuevas soluciones para la obtención, tratamiento y difusión de los datos. Los intercambios de experiencias y la búsqueda de nuevas soluciones fueron las razones de mayor interacción entre los participantes y, entre ellos y el equipo que desarrolló el curso.

Palabras-clave: Gestión Pública, Medio Ambiente, Sistema de Información Geográfica (SIG).

Biografia do Autor

César Gustavo Rocha Lima, Faculdade de Engenharia de Ilha Solteira - Universidade Estadual Paulista/UNESP

Graduado em Geografia (Licenciatura e Bacharelado) pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS/CPTL). Possui Mestrado e Doutorado em Agronomia pela Faculdade de Engenharia de Ilha Solteira (FEIS/UNESP). É Professor Assistente Doutor na Área de Geotecnia junto ao Departamento de Engenharia Civil da Faculdade de Engenharia de Ilha Solteira (FEIS/UNESP) e atua no Programa de Pós-graduação em Engenharia Civil (PPGEC) onde trabalha com a aplicação de Geotecnologias em Análise Ambiental. Tem experiência em Ciência do Solo com ênfase em Física do Solo, Manejo e Conservação do Solo, e em Análise Espacial (Geoestatística). No ambito da extensão, desenvolve projetos voltados a capacitação de gestores públicos, alunos e pessoas da sociedade civil interessados, na utilização de Sistemas de Informações Geográficas para análise e gestão ambiental.

 

Referências

CÂMARA, G.; MONTEIRO, A. M.; FUCKS, S. D.; CARVALHO, M. S. Análise espacial e geoprocessamento. In: DRUCK, S.; CARVALHO M. S.; CÂMARA, G.; MONTEIRO, A. M. V. (Orgs.). Análise espacial de dados geográficos. Brasília: EMBRAPA; 2004, p. 21-54.

CUNHA, S. B.; GUERRA, A. J. T. Degradação ambiental. In: GUERRA, A. J. T.; CUNHA, S. B. (Orgs.). Geomorfologia e meio ambiente. 2. ed., Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1998, p. 337-339.

DIAS, R. S; CIONI, J.; KAISER, I. M.; PEIXOTO, A. P.; MANZATO. G. G. Cadastramento de informações urbanas do município de Bauru-SP utilizando sistemas de informação geográfica. In: CONGRESSO DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA DA UNESP 8., 2015, NotasIlha Solteira, SP. Anais... Ilha Solteira, 2015.

FELGUEIRAS, C. A. Modelagem Numérica de Terreno. In: CÂMARA, G.; DAVIS, C. MONTEIRO, A. M. V. Introdução à Ciência da Geoinformação. São José dos Campos: INPE, 2001, (Capítulo 7).

FREIRIA, R. C. Direito, gestão e políticas públicas ambientais. São Paulo: Editora SENAC, 2011.

GOMES, W. G. Criação de uma base cartográfica digital inicial para SIG em prefeituras de municípios de pequeno porte. Monografia, Curso de Especialização em Geoprocessamento, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2005.

INPE - Instituto Nacional De Pesquisas Espaciais. Tutorial Spring. Ministério da Ciência e Tecnologia. Programa. Disponível em: < http://www.dpi.inpe.br/ spring/portugues/index.html > Acesso em: 18 jul. 2017.

MOREIRA, R. Sobre a educação ambiental. Boletim Campo-grandense de Geografia, n.1, p. 1-10, 1986.

NAMIKAWA, L. M.; FELGUEIRAS, C. A.; MURA, J. C.; ROSIM, S.; LOPES, E. S. S. Modelagem numérica de terreno e aplicações. São José dos Campos: INPE, 2003.

NOVO, E. M. L. Sensoriamento remoto princípios e aplicações. 3. ed., São Paulo: Editora Blucher, 2008.

OLIVEIRA, R. B. N.; SODELLI, F. C.; FREITAS, M. I. C. Sistema de informação geográfica no mapeamento de acidentes envolvendo ciclistas e pedestres em Rio Claro SP - 2013. In: CONGRESSOS DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA DA UNESP, 8., 2015, Ilha Solteira, SP. Anais... Ilha Solteira: UNESP, 2015.

RÖHM, S. A. O que é sistema de informações geográficas. Modulo 1. São Carlos: NGEO, 2003.

ROSA, R. Introdução ao Sensoriamento Remoto. 5 ed. Uberlândia: UFU, 2003.

SILVA, I. F. T. (Coord.) Noções básicas de cartografia. Rio de Janeiro: IBGE, 1998.
Publicado
28-12-2018
Como Citar
GONTSCHAROW, T.; MARQUES, S.; ROCHA LIMA, C.; LOLLO, J. EXPERIÊNCIA NA CAPACITAÇÃO DE GESTORES PÚBLICOS EM SISTEMAS DE INFORMAÇÃO GEOGRÁFICA. REVISTA BRASILEIRA DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA, v. 9, n. 3, p. 157-163, 28 dez. 2018.
Seção
Artigos