EDUCAÇÃO MUSICAL HUMANIZADORA EM UM PROJETO DE EXTENSÃO: DESVELANDO PROCESSOS EDUCATIVOS

  • Murilo Ferreira Velho de Arruda UFSCar
  • Luiz Gonçalves Junior Universidade Federal de São Carlos
  • Bruna Fuentes da Costa Univers

Resumo

O objetivo desta investigação foi desvelar processos educativos presentes em uma intervenção com educação musical humanizadora no contexto do projeto de extensão social Vivências em Atividades Diversificadas de Lazer (VADL), criado em 1999, junto ao Departamento de Educação Física e Motricidade Humana (DEFMH) da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). O projeto é desenvolvido com a pedagogia dialógica por equipe interdisciplinar de educadores/as, junto a crianças e adolescentes de 7 a 17 anos, de periferia urbana e empobrecida da cidade de São Carlos, interior do estado de São Paulo. A metodologia foi desenvolvida com inspiração na fenomenologia, e como procedimentos, utilizamos registro de observações em diários de campo, referente ao período de criação, preparação e apresentação, junto aos participantes do citado projeto de extensão, de uma música para a 9ª edição do “Festival Sons e Movimentos”, que aconteceu no Teatro Florestan Fernandes da UFSCar. A partir da análise dos diários de campo, quatro categorias foram construídas: A) Organização em coletividade; B) Brincando e aprendendo música; C) Em busca do diálogo; D) Gente é pra brilhar não pra morrer de fome. Com base nestas categorias consideramos que foram desvelados processos educativos de solidariedade, cooperação, autonomia, protagonismo, respeito, disciplina individual e coletiva.
Palavras-chave: Processos Educativos. Educação Musical. Pedagogia Dialógica
 
HUMANIZING MUSIC EDUCATION IN AN OUTREACH PROJECT: UNVEILING EDUCATIONAL PROCESSES
Abstract: This paper aimed to unveil educational processes within an intervention with humanizing music education at the outreach social project Experiences in Diversified Leisure Activities, created in 1999, along with Physical Education and Human Motricity Department from Universidade Federal de São Carlos (Federal University of São Carlos, UFSCar). Based on dialogic pedagogy, the project was developed by an interdisciplinary team of educators with children and youth from 7 to 17 years old from impoverished areas of the periphery of São Carlos city, in São Paulo state. The methodology was developed with inspiration in phenomenology, and as methodological procedures, we registered the observations in field diaries, from conception, preparation and presentation of a song with participants of the outreach program at the 9th Sounds and Movement Festival, which took place at Florestan Fernandes Hall of the UFSCar. Through field diaries analysis four categories were built: A) Collective organization; B) Playing and learning music; C) Seeking dialogue; D) People is to shine not to starve. Based on those categories we consider that unveiled educational processes related to solidarity, cooperation, autonomy, protagonism, respect, individual and collective discipline.
Keywords: Educational Processes; Music Education; Dialogic Pedagogy
 
EDUCACIÓN MUSICAL HUMANIZADORA EN UN PROYECTO DE EXTENSIÓN: DESVELANDO PROCESOS EDUCATIVOS
Resumen: El objetivo de esta investigación fue desvelar procesos educativos presentes en una intervención con educación musical humanizadora en el contexto de lo proyecto de extensión social Vivencias en Actividades Diversificadas de Ocio, creado en 1999, junto al Departamento de Educación Física y Motricidad Humana (DEFMH) de la Universidade Federal de São Carlos (UFSCar). El proyecto es desarrollado con la pedagogía dialógica por equipe interdisciplinar de educadores/as junto a niños y adolescentes de 7 hasta 17 años de periferia urbana y empobrecida de la ciudad de São Carlos, interior del estado de São Paulo. La metodología fue desarrollada con inspiración en la fenomenología y como procedimientos utilizamos registro de las observaciones en diarios de campo, referente al período de creación, preparación y presentación junto a los participantes de lo citado proyecto de extensión de una música para la 9ª edición del “Festival Sonidos y Movimientos”, que ha acontecido en lo Teatro Florestan Fernandes de la UFSCar. A partir de la analice de los diarios de campo cuatro categorías fueran construidas: A) Organización en colectividad; B) Jugando y aprendiendo música; C) En busca del diálogo; D) Gente es para brillar no para morir de hambre. Desde estas categorías consideramos que fueran desvelando procesos educativos de solidaridad, cooperación, autonomía, protagonismo, respecto, disciplina individual y colectiva.
Palabras-clave: Procesos Educativos. Educación Musical. Pedagogía Dialógica

Referências

ALVES, R. Variações sobre o prazer. São Paulo: Planeta do Brasil, 2011.

ARRUDA, M. F. V.; COSTA, B. F. Educação musical em um projeto social: processos educativos vivenciados. In: Colóquio de Pesquisa Qualitativa em Motricidade Humana: Etnomotricidades do Sul, 6, 2015, Valdivia (Chile). Anais... São Carlos: SPQMH, 2015. p. 49-59.

BELMONTE, M. M.; GONÇALVES JUNIOR, L. Fútbol callejero: nascido e criado no sul. Revista Crítica de Ciências Sociais (Portugal), n. 116, p. 155-178. 2018.

BOGDAN, R. C.; BIKLEN, S. K. Notas de campo. In: BOGDAN, R. C.; BIKLEN, S. K. (Eds.) Investigação qualitativa em educação. Porto: Porto Editora, 1994. p. 150-175.

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. 45. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2013.

FREIRE, P. Pedagogia da esperança: um reencontro com a pedagogia do oprimido. 17. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2011.

FREIRE, P. Pedagogia do oprimido. 57. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2014.

GALON, M.; AMENT, M. B.; DUTRA, P.; SEVERINO, N. B.; JOLY, I. Z. L. Por uma educação musical humanizadora. In: Congresso da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Música, 23, Anais... Natal, 2013.

GONÇALVES JUNIOR, L.; CARMO, C. S.; CORRÊA, D. A. Cicloviagem, lazer e educação ambiental: processos educativos vivenciados na Serra da Canastra. Licere, v. 18, n. 4, p. 173-208, 2015.

GONÇALVES JUNIOR, L. Plano de trabalho da parceria entre os projetos “Vivências em Atividades Diversificadas de Lazer” (DEFMH/UFSCar) e “Mais Que Futebol” (ADESM). São Carlos, UFSCar, 2017.

HIGGINS, L. Community music: in theory and in practice. New York: Oxford University Press, 2012.

HIGGINS, L. Representação de prática: música na comunidade e pesquisa baseada nas artes. Revista da Associação Brasileira de Educação Musical, v. 23, p. 7-14, 2010.

KATER, C. O que podemos esperar da educação musical em projetos de ação social. Revista da ABEM, n. 10, p. 43-51, 2004.

MARTINS, D. A. F.; GONÇALVES JUNIOR, L. Musical dialogical education: an experience inspired by the pedagogy of Paulo Freire. Journal of Modern Education Review, v.7, n. 4, p. 240-246, 2017.

MARTINS, J.; BICUDO, M. A. V. A pesquisa qualitativa em psicologia: fundamentos e recursos básicos. São Paulo: Moraes, 1989.

MERLEAU-PONTY, M. Fenomenologia da percepção. 2ª ed. São Paulo: Martins Fontes, 1999.

OLIVEIRA, M. W.; SILVA, P. B. G.; GONÇALVES JUNIOR, L.; MONTRONE, A. V. G.; JOLY, I. Z. Processos educativos em práticas sociais: reflexões teóricas e metodológicas sobre pesquisa educacional em espaços sociais. In:

OLIVEIRA, M. W.; SOUSA, F. R. (Org.). Processos educativos em práticas sociais: pesquisas em educação. São Carlos-SP: EDUFSCar, 2014. p. 29-46.

SANTOS, M. O. Ludicidade, animação cultural e educação: um olhar para o projeto “Vivências em atividades diversificadas de lazer”. Dissertação de Mestrado. São Carlos: Universidade Federal de São Carlos, 2008.

SEVERINO, N. B.; JOLY, I. Z. L. Definindo conceitos: o que é isso que chamamos de educação musical humanizadora? In: JOLY, I. Z. L.; SEVERINO, N. B. (Orgs.). Processos educativos e práticas sociais em música: um olhar para a educação humanizadora. (Pesquisas em educação musical). Curitiba: CRV, 2016. p. 19-28.
Publicado
31-12-2018
Como Citar
FERREIRA VELHO DE ARRUDA, Murilo; GONÇALVES JUNIOR, Luiz; FUENTES DA COSTA, Bruna. EDUCAÇÃO MUSICAL HUMANIZADORA EM UM PROJETO DE EXTENSÃO: DESVELANDO PROCESSOS EDUCATIVOS. REVISTA BRASILEIRA DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA, [S.l.], v. 9, n. 3, p. 165-172, dez. 2018. ISSN 2358-0399. Disponível em: <https://periodicos.uffs.edu.br/index.php/RBEU/article/view/7747>. Acesso em: 17 jan. 2019. doi: https://doi.org/10.24317/2358-0399.2018v9i3.7747.
Seção
Artigos