A extensão universitária em prol da prevenção e promoção do diagnóstico precoce de câncer em Minas Gerais

  • Rafaela Alves Freitas UFTM
  • Eryc Abido Blumer
  • Laíse Oliveira Resende Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM)
  • Marcus Vinícius Arantes de Sousa
Palavras-chave: Oncologia, Relações Comunidade-Instituição, Formação em Saúde

Resumo

Este artigo trata de um relato de experiência de um projeto de extensão realizado por discentes e docentes da área da saúde da Universidade Federal do Triângulo Mineiro, com o objetivo de difundir informações a respeito da prevenção e diagnóstico precoce de diversos tipos de câncer. O projeto buscou alcançar um público de diversas faixas etárias, executando suas ações em uma escola infantil, em uma praça da cidade, e para pacientes que estivessem na sala de espera do ambulatório do Hospital das Clínicas da universidade. Fomentou-se o trabalho multidisciplinar no desenvolvimento das ações de prevenção e promoção à saúde, por meio de uma equipe de diversas áreas da saúde. Foram utilizados recursos didáticos e lúdicos adequados para as diferentes faixas etárias e níveis de escolaridade. A experiência contribuiu para a formação dos discentes da instituição de ensino, permitindo-lhes executar uma proposta de atuação integrada, interdisciplinar e intersetorial, em consonância com as prerrogativas do Sistema Único de Saúde, bem como contribuiu para promover a prevenção e diagnóstico precoce do câncer entre o público-alvo.

Palavras-chave: Oncologia; Relações Comunidade-Instituição; Formação em Saúde

University extension for the prevention and promotion of early cancer diagnosis in Minas Gerais  

Abstract: This paper is an experience report of an extension project carried out by students and professors in the health area of a Brazilian university in Minas Gerais, to disseminate information about the prevention and early diagnosis of various types of cancer. The project aimed to reach an audience of different age groups, performing their activities in a primary school, in a city square, and patients who were waiting to be attended at the University Clinical Hospital. Multidisciplinary work was carried out to develop prevention and health-promoting activities through a team of different health-related courses. Didactic and ludic resources suitable for different age groups and educational levels were used. The experience contributed to the training of students at the educational institution, allowing them to carry out an integrated, interdisciplinary, and intersectoral action proposal, in line with the prerogatives of the Brazilian Unified Health System, as well as helping to promote the prevention and early diagnosis of cancer among the targeted audience.

Keywords: Oncology; Community-Institutional Relations; Health Training

Referências

Alcantara, L., Sant'anna, J. L., & Souza, M. G. N. (2013). Adoecimento e finitude: Considerações sobre a abordagem interdisciplinar no Centro de Tratamento Intensivo oncológico. Ciência & Saúde Coletiva, 18(9), 2507-2514.

Almeida, C. P. B., & Silva, D. R. (2015). Tabagismo passivo e câncer de pulmão: Revisão integrativa de metanálises. Revista Eletrônica Gestão & Saúde, 6(2),1924-1934.

Baffi-Bonvino, M. A., & Andrade, N.F. (2018). Outubro Rosa na extensão universitária: O impacto de um projeto. Revista Ciência em Extensão, 14(1), 26-42.

Botega, G. C. N., de Castro, M. N. R., da Costa, V. O., Oliveira, J. F. G., Ulian, W. L., de Sousa, F. D. M., ... & de Sousa, M. S. (2016). A extensão universitária na prevenção do câncer de colo do útero em comunidades ribeirinhas no estado do Pará. Revista Ciência em Extensão, 12(3), 22-36.

Cestari, M. E.W., & Zago, M. M. F. (2005). A prevenção do câncer e a promoção da saúde: Um desafio para o Século XXI. Revista Brasileira de Enfermagem, 58(2), 218-221.

Floriano, M. D. P., Matta, I. B., Monteblanco, F. L., & Zuliani, A. L. B. (2017). Extensão universitária: A percepção de acadêmicos de uma universidade federal do estado do Rio Grande do Sul. Em Extensão, 16(1), 9-35.

Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva. (2019). Estimativa 2020: Incidência de câncer no Brasil. Rio de Janeiro: INCA.

Ministério da Saúde. (2018). Política Nacional de Promoção da Saúde. 1. ed., Brasília: Ministério da Saúde, Secretaria de Vigilância em Saúde, Secretaria de Atenção à Saúde.

Nogueira, M. D. P. (2001). Extensão universitária no Brasil: Uma revisão conceitual. In D. S. de Faria (Org.) Construção conceitual da extensão universitária na América Latina. (pp. 57-72). Brasília: UNB.

Oliveira, J. K., Vieira, L. E., Limeira, M. S., Araújo, M. G., Oliveira, D. H., Chacon, L. D., ... & Rodrigues, R. Q. (2017). Práticas educativas em saúde bucal direcionadas aos usuários do restaurante popular da cidade de patos – PB. Revista Brasileira de Extensão Universitária, 8(2), 67-74.

Panis, C., Kawasaki, A.C.B., Pascotto, C.R., Justina, E.Y.D., Vicentini, G.E., Lucio, L.C., & Prates, R.T.C. (2018). Revisão crítica da mortalidade por câncer usando registros hospitalares e anos potenciais de vida perdidos. Einstein, 16(1), 1-7.

Plummer, M., de Martel, C., Vignat, J., Ferlay, J., Bray, F., & Franceschi S. (2016). Global burden of cancers attributable to infections in 2012: A synthetic analysis. The Lancet Global Health, 4(9), 609-616.

Santos, J. H. dos, Rocha, B., & Passaglio, K. (2016). Extensão universitária e formação no ensino superior. Revista Brasileira de Extensão Universitária, 7(1), 23-28.

Publicado
04-09-2020
Como Citar
FREITAS, R.; BLUMER, E.; RESENDE, L.; DE SOUSA, M. V. A extensão universitária em prol da prevenção e promoção do diagnóstico precoce de câncer em Minas Gerais. Revista Brasileira de Extensão Universitária, v. 11, n. 3, p. 265-276, 4 set. 2020.
Seção
Artigos