Contribuições da Extensão Universitária para a formação acadêmica a partir de um projeto de Educação Ambiental

  • Jocimara Peretiatko Universidade Estadual do Centro-Oeste (UNICENTRO)
  • Ynaê Martins Osternach Universidade Estadual do Centro-Oeste (UNICENTRO)
  • Regiane Matozo Fernandes Universidade Estadual do Centro-Oeste (UNICENTRO)
  • Ana Lucia Suriani Affonso Universidade Estadual do Centro-Oeste (UNICENTRO)
  • Rosilene Rebeca Universidade Estadual do Centro-Oeste (UNICENTRO)
  • Adriana Massaê Kataoka Universidade Estadual do Centro-Oeste (UNICENTRO)
Palavras-chave: Universidade, Percepção Ambiental, Oficinas Ecopedagógicas

Resumo

A formação acadêmica é um processo de investimento profissional e pessoal que merece uma reflexão especial, relacionada à contribuição da extensão. A extensão universitária tem sido apontada como uma dimensão fundamental na formação inicial de acadêmicos, embora nem sempre reconhecida. Assim, este artigo investiga a percepção dos acadêmicos envolvidos no projeto de extensão Crise hídrica: oficinas ecopedagógicas, em relação à contribuição que um projeto de extensão pode trazer para a sua formação, em suas múltiplas dimensões. A pesquisa utilizou uma abordagem qualitativa e o questionário como instrumento de obtenção de informações. Por meio dos resultados obtidos, foi possível verificar que houve uma ampliação do entendimento sobre extensão universitária e em relação aos conhecimentos específicos da área ambiental. Os acadêmicos também revelaram que adquiriram habilidades, como a de se expressar em público, e valores, como o respeito às diferenças, além do desenvolvimento do senso crítico e do desejo de transformar o mundo por meio de sua profissão.

Palavras-chave: Universidade; Percepção Ambiental; Oficinas Ecopedagógicas

Contributions of university extension to the academic education through an environmental education project

Abstract: Academic education is a process that requires professional and personal investments, which deserve a particular reflection related to the contribution of extension courses. The university extension has been considered as a fundamental dimension in the education of university students, although it has not always been acknowledged. Thus, the present article investigates the perception of students involved in the extension project Water crisis: ecopedagogical workshops about the contribution that the extension project could provide for their education in multiple dimensions. The research made use of a qualitative approach and the survey as a tool to gather the information. It was possible to verify a broadened understanding of university extension and the specific expertise in the environmental area through the collected results. The students also revealed that they had improved their abilities toward expressing themselves in public, their values related to differences, in addition to developing critical sense and the wish to change the world through their profession.

Keywords: University; Environmental Perception; Ecopedagogical workshops

Biografia do Autor

Jocimara Peretiatko, Universidade Estadual do Centro-Oeste (UNICENTRO)

Mestranda em Ensino de Ciências Naturais e Matemática – PPGEN/UNICENTRO. Endereço: Rua Simeão Varela de Sá, 03 - Vila Carli, Guarapuava/PR. CEP: 85040-080.

Ynaê Martins Osternach, Universidade Estadual do Centro-Oeste (UNICENTRO)

Mestranda em Ensino de Ciências Naturais e Matemática – PPGEN/UNICENTRO.

Regiane Matozo Fernandes, Universidade Estadual do Centro-Oeste (UNICENTRO)

Mestre em Ensino de Ciências Naturais e Matemática – PPGEN/UNICENTRO.

Ana Lucia Suriani Affonso, Universidade Estadual do Centro-Oeste (UNICENTRO)

Doutora e docente da Universidade Estadual do Centro-Oeste (UNICENTRO).

Rosilene Rebeca, Universidade Estadual do Centro-Oeste (UNICENTRO)

Doutora e docente da Universidade Estadual do Centro-Oeste (UNICENTRO).

Adriana Massaê Kataoka, Universidade Estadual do Centro-Oeste (UNICENTRO)

Doutora e docente da Universidade Estadual do Centro-Oeste (UNICENTRO).

Referências

Bardin, L. (2011). Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70.

Biondi, D., & Alves, G. C. (2011). A extensão universitária na formação de estudantes do curso de engenharia florestal, UFPR. Revista Eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental, 26, 209-224.

Carneiro, P. C. O., Collado, D. M. S., & Oliveira, N. F. C. (2014). Extensão universitária e flexibilização curricular na UFMG. Interfaces – Revista de Extensão, 2(3), 4-26.

Costa, J. F. A. (2018). Articulação entre pesquisa, ensino e extensão: Um desafio que permanece. Revista Ciência em Extensão, 14(2), 9-19.

Fórum de Pró-Reitores de Extensão das Universidades Públicas Brasileiras. (2007). Extensão Universitária: Organização e Sistematização. Belo Horizonte: Coopmed. Recuperado de http://www.pec.ufv.br/wp-content/uploads/2016/ 05/Organizacao-e-Sistematizacao.pdf

Gil, A. C. (2008). Métodos e Técnicas de Pesquisa Social. 6. ed., São Paulo: Atlas.

Godoy, A. S. (1995). Introdução à pesquisa qualitativa e suas possibilidades. Revista de Administração de Empresas, 35(2), 57-63.

Gurgel, R. M. (1984). Extensão universitária: Comunicação ou domesticação? Educação em Debate, 6(7), 53-60.

Jezine, E. (2004). As Práticas Curriculares e a Extensão Universitária. Anais do Congresso Brasileiro de Extensão Universitária, Belo Horizonte, 2. Belo Horizonte: UFMG. Recuperado de https://www.ufmg.br/congrext/ Gestao/Gestao12.pdf

Juliani, S. F., & Freire, L. (2014). O papel da extensão universitária na inserção curricular da Educação Ambiental: uma experiência no curso de Ciências Biológicas da UFRJ. Revista da SBEnBIO – Associação Brasileira de Ensino de Biologia, 7, 6723-6734.

Loureiro, C. F. B. (2012). Trajetória e fundamentos da educação ambiental. 4. ed. São Paulo: Cortez.

Loureiro, C. F. B. (2015). Educação Ambiental e Epistemologia Crítica. Revista Eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental 32(2), 159-176.

Martins, R. E. M. W., Dias, J., & Martins Filho, L. J. (2016). O contexto do ensino, pesquisa e extensão na formação docente na Faculdade de Educação da Universidade do Estado de Santa Catarina. Revista de Educação PUC-Campinas, 21(2), 243-254.

Menegon, R. R., Canhoto, M. R. L., Lima, J. M., & Romero, L. R. (2015). A importância dos projetos de extensão no processo de formação inicial de professores de Educação Física. Anais da Jornada do Núcleo de Ensino de Marília, Marília, 14. Marília: UNESP. Recuperado de https://www.marilia.unesp.br/Home/Eventos/2015/jornadadonucleo/a-importancia-dos-projetos-de-extensao.pdf

Nozaki. J. M., Ferreira, L. A., & Hunger, D. A. C. (2015). Evidências formativas da extensão universitária na docência em Educação Física. Revista Eletrônica de Educação, 9(1), 228-241.

Paula, J. A. (2013). A extensão universitária: História, conceito e propostas. Interfaces – Revista de Extensão, 1(1), 5-23.

Proença, I. C. L., Andrade, R. C., Tomazella, V. B., Palma, V. H., & Souza, R. C. B. (2012). Diálogos da extensão universitária: Desafios e potencialidades nas práticas ambientais escolares do município de Lavras/MG. Revista Eletrônica do Mestrado em Educação Ambiental, 29, 1-18.

Santos, J. H. S., Rocha, B. F., & Passaglio, K. T. (2016). Extensão Universitária e formação no Ensino Superior. Revista Brasileira de Extensão Universitária, 7(1), 23-28.

Souza, O. S. S. (2005). A extensão universitária e as universidades populares. Revista da FACED, 9, 253-264.

Publicado
07-12-2020
Como Citar
PERETIATKO, J.; MARTINS OSTERNACH, Y.; MATOZO FERNANDES, R.; SURIANI AFFONSO, A.; REBECA, R.; MASSAÊ KATAOKA, A. Contribuições da Extensão Universitária para a formação acadêmica a partir de um projeto de Educação Ambiental. Revista Brasileira de Extensão Universitária, v. 11, n. 3, p. 417-427, 7 dez. 2020.
Seção
Artigos