Socialização de conceitos de microbiologia no ensino fundamental através de atividades práticas

Palavras-chave: Extensão comunitária, Ensino, Aprendizagem

Resumo

As abordagens tradicionais de ensino tendem a ser menos estimulantes e de maior dificuldade de compreensão, principalmente ao tratar-se de assuntos mais distantes da realidade dos alunos e, de certa forma, abstratos, como alguns conceitos de Microbiologia. Tal realidade reforça a importância do estudo e aplicação de novas formas de ensino no ambiente escolar. Nesse sentido, o objetivo deste artigo é relatar a experiência de ações de extensão realizadas com o tema “Dia do Cientista”, nas quais os métodos utilizados foram baseados no protagonismo dos alunos, através da participação ativa em experimentos, discussões e visitações. Ao longo da execução das ações, observou-se o despertar do interesse em assuntos até então desconhecidos e distantes da realidade dos estudantes do Ensino Fundamental I (4.º e 5.º ano), que puderam reconhecer o que a Microbiologia representa no seu cotidiano, a partir da execução de atividades práticas, como: I) Detecção de microrganismos em diferentes espaços da escola, como salas de aula e dos professores, banheiros e pátio; II) “Carimbo de mãos”; III) Utilização de fermento biológico para o crescimento microbiano e IV) Visita à Universidade Federal de Alagoas - Campus Arapiraca, onde puderam conhecer laboratórios de ensino prático do tema. Dessa forma, percebeu-se que estratégias com abordagens ativas e práticas auxiliaram numa maior interação dos alunos com os temas propostos, além de aguçar a curiosidade, estimular o aprendizado e permitir maior crescimento pessoal por parte dos escolares, bem como de todos os participantes do projeto.

Palavras-chave: Extensão comunitária; Ensino; Aprendizagem

 

Socialization of microbiology concepts in elementary school through practical activities

Abstract: Traditional teaching approaches tend to be less stimulating and more difficult to understand, especially when dealing with subjects that are more distant from the reality of students and, in a way, abstract, such as some topics of microbiology. This reality reinforces the importance of studying and applying new forms of teaching in the school environment. In this sense, the objective of this article is to report the experience of extension actions carried out with the theme "Scientist's Day", in which the methods used were based on the protagonism of the students, through active participation in experiments, discussions, and visits. Throughout the actions, it was possible to notice an awakening of interest in subjects previously unknown and distant from the reality of the students at elementary school (4th and 5th), who were able to recognize what microbiology represents in their daily lives, from the execution of practical activities such as I) Detection of microorganisms in different locations of the school, such as classrooms and teachers’ room, bathrooms and courtyard; II) "Hand Stamp"; III) Use of biological yeast for microbial growth and IV) Visit to the Federal University of Alagoas - Campus Arapiraca (Arapiraca, Brazil), where they got to know the laboratories. Therefore, it was noticed that strategies with active and practical approaches made the interaction of students with the proposed themes easier, besides to whet curiosity, stimulate learning and allow greater personal growth by the schoolers, as well as all the participants of the project.

Keywords: Community extension; Teaching; Learning

Referências

Arruda-Barbosa, L., Salles, M. C., de Souza, I. L. L., Dondim-Sales, A. F., da Silva, G. C. N., & de Lima-Júnior, M. M. (2019). Extensão como ferramenta de aproximação da universidade com o ensino médio. Caderno de Pesquisa, 49(174), 316-327.

Barbosa, F. G., & Oliveira, N. C. (2015). Estratégias para o Ensino de Microbiologia: Uma Experiência com Alunos do Ensino Fundamental em uma Escola de Anápolis-GO. UNOPAR Científica Ciências Humanas e Educação, 16(1), 5-13.

Candeias, N. M. F. (1997). Conceitos de educação e de promoção em saúde: Mudanças individuais e mudanças organizacionais. Revista de Saúde Pública, 31(2), 209-213.

Cassanti, A. C., Cassanti, A. C., Araújo, E. D., & Ursi, S. (2008). Microbiologia democrática: Estratégias de ensino-aprendizagem e formação de professores. Enciclopédia Biosfera, 4(5), 1–23.

Fahnert, B. (2016). Edging into the future: Education in microbiology and beyond. FEMS Microbiology Letter, 363(7), pii:fnw048.

Firmanshah, I. F., Jamaluddin, J., & Hadiprayitno, G. (2020). Learning difficulties in comprehending virus and bacteria material for senior high schools. JPBI (Jurnal Pendidikan Biologi Indonesia), 6(1), 165-172.

Freitas, A. S., Freitas, D. S., Silva, J. V., Silva, J. N., & Santos, T. J. (2018). A Importância dos experimentos simples para as aulas de ciências e sua influência no processo de ensino aprendizagem. Diversitas Journal, 3(2), 329-335.

Gubert, F. A., Santos, A. C. L., Aragão, K. A., Pereira, D. C. R., Vieira, N. F. C., & Pinheiro, P. N. C. (2009). Tecnologias educativas no contexto escolar: estratégia de educação em saúde em escola pública de Fortaleza-CE. Revista Eletrônica de Enfermagem, 11(1), 165-172.

Kaufmann, S., Santos, D. S., & Correa, D. M. (2016). Cultura de bactérias: Análise da presença de microrganismos no ambiente escolar. Anais do Encontro sobre Investigação na Escola: "Educar para democracia e a justiça social", Uruguaiana, Rio Grande do Sul, 14. (pp. 27-28). Uruguaiana: UNIPAMPA.

Leite, B., & Valente, P. A. (2020). Microbiologia e a extensão universitária. Revista Brasileira de Extensão Universitária, 11(1), 61-71.

Moresco, T. R., Carvalho, M. S., Klein, V., Lima, A. S., Barbosa, N. V., & Rocha, J. B. (2017). Ensino de Microbiologia experimental para Educação Básica no contexto da formação continuada. Revista Electrónica de Enseñanza de las Ciencias, 16(3), 435-457.

Oliveira, H. M., & Gonçalves, M. J. F. (2004). Educação em saúde: Uma experiência transformadora. Revista Brasileira de Enfermagem, 57(6), 761-763.

Prates Junior, P., Silva, M. C. S., Melo, R. C. C, Lima, L. A., Araújo, K. S., Prado, I. G. O., Salgado, C. A., & Martin, J. G. P. (2018). A microbiologia no contexto da agroecologia. Revista Brasileira de Extensão Universitária, 9(2), 75-82.

Publicado
07-07-2020
Como Citar
FELIX, I.; BRITO, A.; OLIVEIRA, T.; TAVARES, B.; SILVA, K.; SILVA, M.; QUEIROZ, A.; DUARTE, A. Socialização de conceitos de microbiologia no ensino fundamental através de atividades práticas. Revista Brasileira de Extensão Universitária, v. 11, n. 2, p. 167-176, 7 jul. 2020.
Seção
Artigos