CONSTRUÇÃO DE PROJETOS LÚDICOS EM SAÚDE ATRAVÉS DA CAPACITAÇÃO DE EDUCADORES EM FRAMINGHAM, MASSACHUSETTS, ESTADOS UNIDOS

  • Rebeca Simoes Brito
  • Beatriz Elizabeth Bagatin Veleda Bermudez
  • Edison Luiz Almeida Tizzot
  • Carlos Eduardo Siqueira
  • Camila Maciel Oliveira Universidade Federal do Paraná
Palavras-chave: Teoria de Crenças em Saúde, Educação, Capacitação de Professores, Nutrição

Resumo

Resumo: É essencial o desenvolvimento de atividades que tangenciem a promoção de padrões alimentares saudáveis e a prática regular de atividade física, tendo em vista o aumento da morbi-mortalidade relacionadas às doenças crônicas não transmissíveis. Sendo o ambiente escolar favorável para a inserção destas ações de larga escala, o programa “Little Hearts Changing Lives” (LHCL) foi idealizado para o público infantil. Este, além de empregar conceitos da Aprendizagem Criativa, também incorpora algumas das estratégias traçadas a partir de métodos participativos de pesquisa, e a utilização de instrumentos validados, que potencialmente sensibilizem o público-alvo durante workshops para educadores. Em fase de expansão nos Estados Unidos, este programa foi direcionado à população imigrante brasileira naquele país, através de Oficinas de Capacitação destinadas a educadores, em Framingham (Massachusetts, E U. A.) e região. Foram contemplados no total 18 educadores, em dois módulos com temáticas distintas, totalizando 10 horas/aula cada um. A prevenção de fatores de risco para doenças cardiovasculares foi proposta através da metodologia descrita no manual LHCL. Observamos, por depoimentos, que a estratégia proposta pelo LHCL pode contribuir para o aumento do escopo de conhecimento destes profissionais, além de ofertar ferramentas didáticas e pedagógicas que possam facilitar o processo de aprendizagem pelo público infantil.

Palavras-chave: Teoria de Crenças em Saúde; Educação; Capacitação de Professores; Nutrição

 

 

Construction of playful health projects through training of educators in Framingham, Massachusetts, United States

Abstract: It is essential to develop activities that promote the promotion of healthy dietary patterns and the regular practice of physical activity, in order to increase morbidity and mortality related to chronic non-communicable diseases. Since the school environment was considered favorable for the inclusion of these large-scale actions, the "Little Hearts Changing Lives" (LHCL) program was idealized for children. Employing Creative Learning concepts additionally incorporates some of the strategies drawn from participatory research methods and the use of validated tools that potentially sensitize the target audience during workshops for educators. In the expansion phase in the United States, this program was then directed to the Brazilian immigrant population through Training Workshops for educators in Framingham and region. A total of 18 educators were considered, in two modules with distinct themes, totaling 10 hours each. The prevention of risk factors for cardiovascular diseases was proposed through the methodology described in the LHCL manual. We have observed that the strategy proposed by the LHCL can contribute to increasing the knowledge scope of these professionals, as well as offering didactic and pedagogical tools that can facilitate the process of learning by the children.

Keywords: Health Belief Theory; Education; Teacher Training; Nutrition

 

Construcción de proyectos lúdicos en salud a través de la capacitación de educadores en Framingham, Massachusetts, Estados Unidos

Resumen: Es esencial el desarrollo de actividades que conciencien la promoción de patrones de alimentos saludables y la práctica regular de actividad física con vistas al aumento de la morbi-mortalidad relacionadas con las enfermedades crónicas no transmisibles (DCNT). Siendo el ambiente escolar considerado favorable para la inserción de estas acciones a gran escala, el programa Little Hearts Changing Lives (LHCL) fue creado. Este, además de emplear conceptos del Aprendizaje Creativo también incorpora estrategias trazadas a partir de métodos participativos de investigación y la utilización de instrumentos validados que potencialmente sensibilicen al público objetivo. En fase de expansión en los Estados Unidos, este programa fue dirigido a la población inmigrante brasileña a través de Talleres de Capacitación destinados a educadores en Framingham y región. Se contemplaron en total 18 educadores, en dos módulos con temas distintos, totalizando 10 horas / clase cada uno. La prevención de factores de riesgo para enfermedades cardiovasculares fue propuesta a través de la ludicidad y la utilización de piezas de teatro rimadas, a partir del paso a paso sugerido por el manual LHCL. En el presente trabajo se analizan los resultados obtenidos en el análisis de los resultados obtenidos en el análisis de los resultados obtenidos.

Palabras-clave: Teoría de Creencias en Salud; Educación; Capacitación de Profesores; Nutrición

Referências

BERMUDEZ, B. E. B. V.; ALVIM R.O.; SOARES F.M.; GONÇALVES A. B. C.; TIZZOT, E. L. A.; ULBRICH, A.; MOURÃO JR., C. A.; OLIVEIRA, C. M. The Baependi Little Heart study: strategies in child education related to cardiometabolic risk factors for reducing morbidity and mortality in a developing country. Endocrinology & Metabolism International Journal, v. 5, n. 5, p. 1-4, 2017.

BRASIL, A. M. B.; BRASIL, F.; MAURÍCIO, A. A.; VILELA, R. M. Adaptação transcultural e validação para o Brasil da Obesity-related Problems Scale. Einstein (São Paulo), v. 15, n. 3, p. 327-333, 2017.

BRITO, A. K. A.; SILVA, F. I. C. da; FRANÇA, N. M. de. Programas de intervenção nas escolas brasileiras: uma contribuição da escola para a educação em saúde. Saúde em Debate, v. 36, p. 624-632, 2012.

COSCRATO, G.; COELHO PINA, J.; FALLEIROS DE MELLO, D. Utilização de atividades lúdicas na educação em saúde: uma revisão integrativa da literatura. Acta Paulista de Enfermagem, v. 23, n. 2, 2010.

DAVANÇO, G. M.; TADDEI, J. A. A. C.; GAGLIANONE, C. P. Conhecimentos, atitudes e práticas de professores de ciclo básico, expostos e não expostos a Curso de Educação Nutricional. Revista de Nutrição, v. 17, n. 2, p. 177-184, 2004.

DE MACÊDO, S. F.; DE ARAÚJO, M. F. M.; MARINHO, N. P. B.; LIMA, A. C. S.; DE FREITAS, R. W. F.; DAMASCENO, M. M. C. Fatores de risco para diabetes mellitus tipo 2 em crianças. Revista Latino-Americana de Enfermagem, v. 18, n. 5, p. 1-8, 2010.

DE OLIVEIRA, C. M. D. Coraçõezinhos de Baependi. Estratégias de Promoção a Saúde e Prevenção de Fatores de Risco para Doenças Cardiovasculares entre Crianças. São Paulo: Laboratório de Genética e Cardiologia Molecular – InCor, 2015. Disponível em: < https://genetica.incor.usp.br/project-strategies-for-health-promotion-and-risk-factors-prevention-of-cardiovascular-diseases-among-children/ >, acesso em: 05 jun. 2018.

DE OLIVEIRA, C. M.; PEREIRA, A. C.; DE ANDRADE, M.; SOLER, J. M.; KRIEGER, J. E. Heritability of cardiovascular risk factors in a Brazilian population: Baependi Heart Study. BMC Medical Genetics, v. 9, n. 1, art. 32, 2008.

FERNANDES, M. H.; ROCHA, V.M.; SOUZA, D. B. de. A concepção sobre saúde do escolar entre professores do ensino fundamental (1ª a 4ª séries). História, Ciências, Saúde–Manguinhos, v. 12, n. 2, p. 283-291, 2005.

GBD 2015 MORTALITY AND CAUSES OF DEATH COLLABORATORS. Global, regional, and national life expectancy, all-cause mortality, and cause-specific mortality for 249 causes of death, 1980-2015: a systematic analysis for the Global Burden of Diseases Study 2015. Lancet, v. 388, n. 1005, p. 1459-1544, 2016.

GONÇALVES, A. B. C.; SOARES, F. M.; ALVIM, R. de O.; MOURÃO JÚNIOR, C. A. M.; DE OLIVEIRA, C. M. Dengue, Zika e Chikungunya: o combate começa nas escolas. Experiência. Revista Científica de Extensão, v. 2, n. 2, p. 76-87, 2016.

GONÇALVES, A. B. C.; SOARES, F. M.; ALVIM, R. DE O.; MOURÃO JÚNIOR, C. A.; OLIVEIRA, C. M. Análise de uma intervenção comunitária para crianças: A promoção da saúde do Idoso e o projeto coraçõezinhos de Baependi. Revista Interfaces UFMG, v. 5, n. 2, p. 211-229, 2017.

GUALANO, B.; TINUCCI, T. Sedentarismo, exercício físico e doenças crônicas. Revista Brasileira de Educação Física e Esporte, v. 25, p. 37-43, 2011.

KORIN, M. R. Theory and fundamentals of health promotion for children and adolescents. In: KORIN, M. R. (Ed.) Health Promotion for Children and Adolescents. Springer, Boston, E. U. A., 2016, p. 9-21.

MADUREIRA, M. F.; PEIXOTO, L. M. M.; HARAMOTO, H.; SIBREIRA, N.P.; PEREIRA, N. S.; FERREIRA, R. N.; PEREIRA, L. S.; ALVIM, R. O.; MOURÃO JR., C. A.; OLIVEIRA C. M. Coraçõezinhos de Baependi na educação em saúde através da metodologia participativa: relato de experiência. Revista Conexão UEPG, v. 12, n. 3, p. 400-411, 2016.

MARQUEZINE, G. F.; OLIVEIRA, C. M.; PEREIRA, A. C.; KRIEGER, J. E.; MILL, J. G. Metabolic syndrome determinants in an urban population from Brazil: social class and gender-specific interaction. International Journal of Cardiology, v. 129, n. 2, p. 259-265, 2008.

MARTINS, R. J.; MOIMAZ, S. A. S.; SUNDEFELD, M. L. M. M.; GARBIN, A. J. Í.; GONÇALVES, P. R. V.; GARBIN, C. A. S. Adesão às precauções padrão sob o prisma do Modelo de Crenças em Saúde: a prática de reencapar agulhas. Ciência & Saúde Coletiva, v. 20, n. 1, p. 193-198, 2015.

MATSUDO, S. M.; MATSUDO, V. K.; ARAÚJO, T.; ANDRADE, D.; ANDRADE, E.; OLIVEIRA, L.; BRAGGION, G. Nível de atividade física da população do Estado de São Paulo: análise de acordo com o gênero, idade, nível socioeconômico, distribuição geográfica e de conhecimento. Revista Brasileira de Ciência e Movimento, v. 10, n. 4, p. 41-50, 2002.

MOLINA, M. D. C. B.; BENSEÑOR, I. M.; CARDOSO, L. D. O., et al. Reprodutibilidade e validade relativa do Questionário de Frequência Alimentar do ELSA-Brasil. Cadernos de Saúde Pública, v. 29, n. 2, p. 379-389, 2013.

MONTEIRO, C. A.; BENICIO, M. H. D. A.; CONDE, W. L.; POPKIN B. M. Shifting obesity trends in Brazil. European Journal of Clinical Nutrition, v. 54, n. 4, p. 342-346, 2000.

RAFAEL, R. M. R.; DE MOURA, A. T. M. S. Health Belief Model and cervical cancer screening: assessing vulnerabilities/Modelo de Crencas em Saude eo rastreio do cancer do colo uterino: avaliando vulnerabilidades/ Modelo de Creencias en Salud y cribado del cancer del cuello del utero: evaluando vulnerabilidades. Enfermagem UERJ, v. 25, n. 1, e26436, 2017.

RESNICK, M. Give P’sa chance: Projects, peers, passion, play. In: “Constructionism and creativity”, International Constructionism Conference, 3, Vienna, Austria, 2014. Proceedings… Vienna: Austrian Computer Society, p. 13-20, 2014.

RESNICK, M.; ROBINSON, K. Lifelong kindergarten: Cultivating creativity through projects, passion, peers, and play. Massachussets: MIT Press, 2017.

ROSENSTOCK, I. M. The health belief model and preventive health behavior. Health Education Monograph, v. 2, n. 4, p. 354-386, 1974.

SAMPSON, L. Food frequency questionnaires as a research instrument. Clinical nutrition (USA), v. 4, n. 3, p. 171-178, 1987.

SCHMITZ B. A. S; RECINE E.; CARDOSO, G. T.; SILVA, J. R. M.; AMORIM, N. F. A.; BERNARDO, N. R.; RODRIGUES, M. L. C. F. A escola promovendo hábitos alimentares saudáveis: uma proposta metodológica de capacitação para educadores e donos de cantina escolar. Caderno Saúde Pública, v. 24, n. 2, p. 312-322, 2008.

SICHIERI, R.; SOUZA, R. A. de. Estratégias para prevenção da obesidade em crianças e adolescentes. Cadernos de Saúde Pública, v. 24(supl.), p. s209-s223, 2008.

SOARES F. M.; GONÇALVES A. B. C.; ALVIM, R. O.; MOURÃO JR., C. A.; DE OLIVEIRA, C. M. Método educacional infantil na prevenção e combate à dengue, zika vírus e chikungunya. Revista Conexão em Foco, v. 1, n. 13, p. 55-63, 2017a.

SOARES F. M.; GONÇALVES A. B. C.; ALVIM. R. O., MOURÃO JR., C. A.; DE OLIVEIRA, C. M. Conscientização infantil: abordagem lúdica sobre utilização de recursos naturais. Revista Ciência em Extensão, v. 13, n. 3, p. 87-92, 2017b.

TEMPORINI, E. R. Percepção de professores do sistema de ensino do estado de São Paulo sobre o seu preparo em saúde do escolar. Revista de Saúde Pública, v. 22, n. 5, p. 411-421, 1988.

THOMAZ, P. M. D.; COSTA, T. H. M. D.; SILVA, E. F. D.; HALLAL, P. C. Fatores associados à atividade física em adultos, Brasília, DF. Revista de Saúde Pública, v. 44, n. 5, p. 894-900, 2010.

WALLERSTEIN, N.; DURAN, B. Community-based participatory research contributions to intervention research: the intersection of science and practice to improve health equity. American Journal of Public Health, v.100, n. 1, p. 40-46, 2010.

WORLD HEALTH ORGANIZATION (WHO). Global Atlas on Cardiovascular Disease Prevention and Control. Mendis S, Puska P, Norrving B editors. Geneva: World Health Organization, 2011.

WYNN, T. A.; TAYLOR-JONES, M. M.; JOHNSON, R. E.; BOSTICK, P. B.; FOUAD, M. Using community-based participatory approaches to mobilize communities for policy change. Family & Community Health, v. 34, p. S102-S114, 2010.

Publicado
01-08-2019
Como Citar
BRITO, R.; BERMUDEZ, B. E.; TIZZOT, E. L.; SIQUEIRA, C. E.; OLIVEIRA, C. CONSTRUÇÃO DE PROJETOS LÚDICOS EM SAÚDE ATRAVÉS DA CAPACITAÇÃO DE EDUCADORES EM FRAMINGHAM, MASSACHUSETTS, ESTADOS UNIDOS. REVISTA BRASILEIRA DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA, v. 10, n. 2, p. 87-93, 1 ago. 2019.
Seção
Artigos