CULTIVO DE COGUMELOS COMESTÍVEIS COMO PROPOSTA DE ENSINO DE CIÊNCIAS DA NATUREZA E DA AGROECOLOGIA NA ESCOLA FAMÍLIA AGRÍCOLA PURIS

  • Edynei Miguel Cristino
  • Marliane de Cássia Soares da Silva
  • Paulo Prates Prates Júnior Universidade Federal de Viçosa https://orcid.org/0000-0003-1027-6150
  • Fabrício Vassali Zanelli
  • Fernanda Maria Coutinho Andrade
Palavras-chave: licenciatura e educação do campo, alimentação saudável, Pleurotus, Prática educativa

Resumo

O ensino-aprendizagem das Ciências da Natureza e da Agroecologia podem ser contextualizados para contemplar a realidade da escola e motivar o interesse dos estudantes. O cultivo de cogumelos comestíveis é uma alternativa para o reaproveitamento de resíduos agroindustriais e pode ser utilizado no ensino, contribuindo com a formação da juventude do campo. Este trabalho teve como objetivo divulgar o cultivo de cogumelos pela utilização de resíduos agroindustriais na Escola Família Agrícola (EFA) Puris, como ferramenta de ensino-aprendizagem das Ciências da Natureza e da Agroecologia. A EFA Puris está localizada na comunidade de Novo Horizonte, Araponga, MG, e oferece o Ensino Médio integrado com o curso Técnico em Agropecuária, sendo a Agroecologia um eixo importante. Para reconhecer as necessidades da EFA Puris, antes da realização do trabalho, foi organizada uma roda de conversa com os monitores da escola. Foi realizada uma oficina com os alunos do 1° ano do Ensino Médio, que contou com exposição teórica, atividades práticas, uma atividade denominada ‘colocação em comum’ (quando todos partilharam suas experiências e perspectivas com relação ao tema da atividade), e a resolução de um questionário de avaliação. Nos questionários evidenciou-se que conceitos fundamentais das Ciências da Natureza e princípios da Agroecologia, como por exemplo, ciclagem de matéria e energia, homeopatia, decomposição da matéria orgânica, poluição ambiental e alimentação saudável foram assimilados. Conclui-se que o cultivo de cogumelos comestíveis é um tema gerador que pode dialogar com o cotidiano dos educandos, permitindo interação com o ensino das Ciências da Natureza e da Agroecologia.

Palavras-chave: Prática educativa; licenciatura e educação do campo; alimentação saudável; Pleurotus

 

Cultivation of edible mushrooms as a teaching proposal of Natural Sciences and Agroecology in the Puris Agricultural Family School

Abstract: The teaching-learning of the Natural Sciences and Agroecology can be contextualized to contemplate the reality of the school and motivate the interest of the students. The cultivation of edible mushrooms is an alternative for the reuse of agroindustrial residues and can be used in education, contributing to the formation of rural youth. This work aimed to promote the cultivation of mushrooms by the use of agroindustrial residues in the Puris Agricultural Family School (EFA Puris), as a teaching and learning tool of Natural Sciences and Agroecology. EFA Puris is located in the community of Novo Horizonte, Araponga, Minas Gerais State, Brazil, and offers the Secondary Education integrated with the Agricultural Technical Course, with Agroecology being a principal axis. In order to recognize the needs of the EFA Puris before the work was carried out, a conversation with the monitors of the school was organized. A workshop was held with the students of the 1st year of High School, which included a theoretical exposition, practical activities, an activity when everyone shared their experiences and perspectives on the subject, and an evaluation questionnaire. The answers to the questionnaires evidenced that fundamental concepts of the Natural Sciences and Agroecology principles, such as cycling of matter and energy, homeopathy, organic matter decomposition, environmental pollution, and healthy eating were assimilated. It is concluded that the cultivation of edible mushrooms is a generative theme that can dialogue with the daily life of the students, allowing interaction with the teaching of the Natural Sciences and Agroecology.

Keywords: Educational Practice; Graduate and Rural Education; Healthy Food; Pleurotus

 

Cultivo de setas comestibles como propuesta de enseñanza de Ciencias de la Naturaleza y de la Agroecología en la Escuela Familia Agrícola Puris

Resumen: La enseñanza-aprendizaje de las Ciencias de la Naturaleza y de la Agroecología puede ser contextualizada para contemplar la realidad de la escuela y motivar el interés de los estudiantes. El cultivo de setas comestibles es una alternativa para el reaprovechamiento de residuos agroindustriales y puede ser utilizado en la enseñanza, contribuyendo con la formación de la juventud del campo. Este trabajo tuvo como objetivo divulgar el cultivo de setas por la utilización de residuos agroindustriales en la Escuela Familia Agrícola (EFA) Puris, como herramienta de enseñanza-aprendizaje de las Ciencias de la Naturaleza y de la Agroecología. La EFA Puris está ubicada en la comunidad de Novo Horizonte, Araponga, Minas Gerais, Brasil, y ofrece la Enseñanza Media integrada con el curso Técnico en Agropecuaria, siendo la Agroecología un eje importante. Para reconocer las necesidades de la EFA Puris, antes de la realización del trabajo, se organizó una rueda de conversación con los monitores de la escuela. Se realizó un taller con los alumnos del 1er año de la Enseñanza Media, que contó con exposición teórica, actividades prácticas, una actividad en la que todos compartieron sus experiencias y perspectivas sobre el tema, y la resolución de un cuestionario de evaluación. En los cuestionarios se evidenció que conceptos fundamentales de las Ciencias de la Naturaleza y principios de la Agroecología, como por ejemplo, ciclo de materia y energía, homeopatía, descomposición de la materia orgánica, contaminación ambiental y alimentación sana fueron asimilados. Se concluye que el cultivo de setas comestibles es un tema generador que puede dialogar con el cotidiano de los educandos, permitiendo interacción con la enseñanza de las Ciencias de la Naturaleza y de la Agroecología.

 Palabras-clave: Práctica Educativa; Licenciatura y Educación Rural; Alimentación Sana; Pleurotus.

Referências

ANDRADE, F. M. C. Tecnologia e aplicação da homeopatia na horticultura. Horticultura Brasileira, v. 28, n. 2, p. 85-91, 2010.

ANDRADE, F. M. C.; CASALI, V. W. D. Homeopatia, agroecologia e sustentabilidade. Revista Brasileira de Agroecologia, v. 6, n. 1, p. 49-56, 2011.

ANDRADE, F. M. C.; SILVA, M. G.; BARRELLA, T. P. Educação do Campo e formação de professores: diálogos conceituais e práticos. Universidade Federal de Viçosa, Departamento de Educação, 2015.

BAKER, S. et al. Fungal genome sequencing and bioenergy. Fungal Biology Reviews, v. 22, n. 1 p. 1–5, 2008.

BONFIM, F. P. G.; CASALI, V. W. D. Homeopatia: planta, água e solo. Comprovação científica das altas diluições. Viçosa: UFV, 2011.

BOVO, M. C. Interdisciplinaridade e transversalidade como dimensões de ação pedagógica. Revista Acadêmica Multidisciplinar, v. 7, p. 1-12, 2004.

CHANG, S. T.; MILES, P. G. Mushrooms cultivation, nutritional value, medicinal effect, and environmental impact. 2. ed., Boca Raton: CRC Press LLC, 1989.

CORDEIRO, G. N. K.; REIS, N. S.; HAGE, S. M. Pedagogia da Alternância e seus desafios para assegurar a formação humana dos sujeitos e a sustentabilidade do campo. Em Aberto, v. 24, n. 85, p. 115-125, 2011.

DA LUZ, J. M. R.; NUNES, M. D.; PAES, S. A.; TORRES, D. P.; KASUYA, M. C. M. Bio-detoxification of Jatropha curcas seed cake by Pleurotus ostreatus. African Journal of Microbiology Research, v. 8, n. 11, p. 1148-1156, 2014.

DA SILVA, M. C. S.; NAOZUKA, J.; LUZ, J. M. R.; ASSUNCAO, L. S. DA; OLIVEIRA, P. V.; VANETTI, M. C. D.; BAZZOLLI, D. M. S.; KASUYA, M. C. M. Enrichment of Pleurotusos treatus mushrooms with selenium in coffee husks. Food Chemistry, v. 131, n. 2, p. 558-563, 2012.

DE MELO, M. C. H.; CRUZ, G. C. Roda de conversa: uma proposta metodológica para a construção de um espaço de diálogo no ensino médio. Imagens da Educação, v. 4, n. 2, p. 31-39, 2014.

FAN, L.; SOCCOL, C. R.; PANDEY, A. Produção de cogumelo comestível Pleurotus em casca de café e avaliação do grau de destoxificação do substrato. In: Proceedings of the Symposium Search of Coffee from Brazil, 1, Poços de Caldas, Brazil. Resumos..., Voçosa, Fundação Arthur Bernardes, p. 687-670, 2000.

FILHO, J. B.; COELHO, F. M. C. Escola Família Agrícola: construção das masculinidades no cotidiano da pedagogia da alternância. Revista Eletrônica Pesquiseduca, v. 5, n. 9, p. 199- 216, 2013.

FREIRE, P. Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática educativa. EGA, 1996.

LANES, K. G.; LANES, D. V. C.; PESSANO, E. F. C.; FOLMER, V. O Ensino de Ciências e os Temas transversais: sugestões de eixos temáticos para práticas pedagógicas no contexto escolar. Contexto & Educação, v. 29, n. 92, p. 21-51, 2014.

MELO, E. F.; DA SILVA, L. H. O plano de estudo na articulação entre os tempos e espaços da formação por alternância. Itinerarius Reflectionis, v. 1, n. 16, p. 1-17, 2014.

MELO, J. F., CARDOSO, L. R. Pensar o ensino de ciências e o campo a partir da agroecologia: uma experiência com alunos do sertão sergipano. Revista Brasileira de Agroecologia, v.6, n.1, p. 37-48. 2011.

MORENO, G. S. Ensino de ciências da natureza interdisciplinaridade e educação do campo. In: MOLINA, M. C. (eds.) Licenciatura em Educação do Campo e o ensino de ciências da natureza: desafios à promoção do trabalho docente interdisciplinar. Brasília: MDA, 2014, p. 181-199.

PACIFICO, D. A. Agroecologia e Educação: algumas reflexões. Revista Brasileira de Agroecologia, v. 2, n. 2, p. 534-538, 2007.

PRATES JÚNIOR, P.; DA SILVA, M. C. S.; MELO, R. C. C.; DE LIMA, L. A.; ARAÚJO, K. S.; PRADO, I. G. O.; SALGADO, C. A. MARTIN, J. G. P. A microbiologia no contexto da agroecologia: atividade de extensão junto à Escola Família Agrícola Puris. Revista Brasileira de Extensão Universitária, v. 9, n. 2, p. 75-82, 2018.

REZENDE, J. M. Caderno de homeopatia: instruções práticas geradas por agricultores sobre o uso da homeopatia no meio rural. 4. ed. Viçosa: UFV, 2014. 48p.

SALES-CAMPOS, C.; OLIVEIRA, L. A.; ARAUJO, L. M.; VAREJÃO, M. J. C.; ANDRADE, M. C. N. Composição mineral de uma linhagem de Pleurotus ostreatus cultivada em resíduos madeireiros e agroindustriais da região amazônica. Ciência e Tecnologia de Alimentos, v. 29, n. 4, p. 868-872, 2009.

SILVA, A. C.; MENOLLI JUNIOR, N. Análise do conteúdo de fungos nos livros didáticos de biologia do ensino médio. Revista Ciências & Ideias, v. 7, n. 3, p. 235-273, 2016.

ZANELLI, F. V. Agroecologia e construção de territorialidades: um estudo sobre a criação da Escola Família Agrícola Puris de Araponga – MG. Monografia, Geografia, Universidade Federal de Viçosa, Viçosa, 2009.

Publicado
27-05-2019
Como Citar
CRISTINO, E.; DA SILVA, M.; PRATES JÚNIOR, P.; ZANELLI, F.; ANDRADE, F. CULTIVO DE COGUMELOS COMESTÍVEIS COMO PROPOSTA DE ENSINO DE CIÊNCIAS DA NATUREZA E DA AGROECOLOGIA NA ESCOLA FAMÍLIA AGRÍCOLA PURIS. REVISTA BRASILEIRA DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA, v. 10, n. 2, p. 55-62, 27 maio 2019.
Seção
Artigos