Show de Física: contribuições para formação pessoal, acadêmica e profissional dos mediadores

  • Giuseppi Gava Camiletti Universidade Federal do Espírito Santo
  • Geide Rosa Coelho
Palavras-chave: Divulgação Científica, Atividade Extensionista, Experimentos, Aprendizagens Atitudinal e Profissional

Resumo

Neste artigo relata-se um estudo que buscou compreender em que medida a participação de estudantes da graduação como mediadores nas diversas atividades de um projeto extensionista da Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), o Show de Física, impactou em seus respectivos processos formativos. Trata-se de um projeto de extensão universitária que tem o objetivo de despertar o interesse e a curiosidade dos estudantes e promover a divulgação da ciência Física. Entende-se essa pesquisa como sendo de cunho qualitativo e de caráter exploratório. Para a produção dos dados, os mediadores que participaram da atividade extensionista foram convidados a narrar suas experiências no Show de Física. A partir do retorno de 21 participantes, utilizou-se os pressupostos da Análise Textual Discursiva para interpretar as contribuições dessa atividade para o desenvolvimento pessoal, profissional e acadêmico desses graduandos. Os resultados apontam aprendizagens do ponto de vista atitudinal (como a importância do trabalho em equipe e das relações interpessoais), profissional (domínio do conteúdo subjacente aos experimentos e a criação e valorização de uma identidade profissional), de enculturação acadêmica (como o desenvolvimento da escrita acadêmica, a coleta e análise de dados e a participação em congressos) e ainda uma satisfação pessoal em participar do projeto Show de Física.

Palavras-chave: Divulgação Científica; Experimentos; Atividade Extensionista; Aprendizagens Atitudinal e Profissional

 

Physics Show: contributions to personal, academic and professional formation of mediators

Abstract: This article reports a study aimed at understanding to what extent the participation of undergraduate students as mediators in the various activities of the extension project “The Physics Show” at the Federal University of Espírito Santo (UFES), impacted their respective formative processes. It is a university extension project that aims to arouse the interest and curiosity of students and promote the dissemination of physical science. This research was qualitative and exploratory. For the obtaining data, the mediators who participated in the extension activity were invited to narrate their experiences at the Physics Show. The assumptions of Textual Discursive Analysis were used to interpret the contributions to professional and academic development, from the response of 21 participants to the survey. The results suggested learning from an attitudinal point of view (such as the importance of teamwork, interpersonal relationships), professional (mastery of the content underlying the experiments, and the creation and valorization of professional identity), academic enculturation (such as the development of academic writing, data collection and analysis, participation in congresses), and personal satisfaction in participating in the Physics Show Project.

Keywords: Scientific Divulgation; Experiments; Extension Activity; Attitudinal and Professional Learning

Referências

Abrahão, M. H. M. B. (2016). Intencionalidade, reflexividade, experiência e identidade em pesquisa (auto)biográfica: Dimensões epistemo-empíricas em narrativas de formação. In I. F. S. Bragança, M. H. M. B. Abrahão & M. S. Ferreira (Eds.). Perspectivas epistêmico-metodológicas da pesquisa (auto)biográfica. (pp. 29-50). Curitiba: CRV.

Bassani, N., Tamiasso, S., Ameixa, G., Gomes, T., & Camiletti, G. (2012) Investigação da contribuição do Show de Física da UFES para o aumento do interesse de um grupo de alunos de ensino médio pela Ciência Física. Anais do SNEF –Simpósio Nacional de Ensino de Física, 10, São Paulo-SP. [S. l.]: Sociedade Brasileira de Física. Recuperado de: http://www.sbf1.sbfisica.org.br/eventos/snef/xx/sys/resumos/T0225-1.pdf

Bueno, W. C. (2010). Comunicação cientifica e divulgação científica: Aproximações e rupturas conceituais Informação & Informação, 15(1esp), 1-12.

Dahmouche, M. S., Pires, A. M. G., & Cazelli, S. (2020). O museu Ciência e Vida investiga seu público: Professores. Ensaio: Pesquisa em Educação em Ciências, 22, e13514.

Flores, M. A. (2014). 0 Discurso sobre o profissionalismo docente: Paradoxos e alternativas conceptuais. Revista Brasileira de Educação, 19(59), 851-870.

Gil, A. C. (2002). Como elaborar projetos de pesquisa. 4 ed. São Paulo: Atlas.

Gomes, I., & Cazelli, S. (2016). Formação de mediadores em museus de ciência: saberes e práticas. Ensaio Pesquisa em Educação em Ciências (Belo Horizonte), 18(1), 23-46.

Honeyman, B. (1998). Non-formal and formal learning interactions: New directions for scientific and technological literacy. Connect: Unesco International Science, Technology and Environmental Education Newsletter, 23(1), 1-2.

Janjacomo, J. P. (2018). Processos formativos, mediação e diferentes fazeres em centros e museus de ciências: O caso da Escola da Ciência – Física em Vitória/ES. (Dissertação de Mestrado). Universidade Federal do Espírito Santo, Vitória, Brasil. Recuperado de: http://repositorio.ufes.br/bitstream/10/8616/1/tese_12062_Disserta%C3%A7%C3%A3o%20-%20Jonathan%20Pires%20Janjacomo.pdf

Marandino, M. (2013). Enfoques de educação e comunicação nas bioexposições de museus de ciências. Revista Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, 3(1), 103-120.

Monteiro, I. C. C., & Gaspar, A. (2007). Um estudo sobre as emoções no contexto das interações sociais em sala de aula. Investigações em Ensino de Ciências, 12(1), 71-84.

Moraes R. (2003). Uma tempestade de luz: A compreensão possibilitada pela análise textual discursiva. Ciência & Educação, 9(2), 191-211.

Moraes R., & Galiazzi M. C. (2006). Análise textual discursiva: Processo reconstrutivo de múltiplas faces. Ciência & Educação, 12(1), 117-128.

Queiróz, G., Krapas, S., Valente, M. E., David, E., Damas, E., & Freire, F. (2002). Construindo saberes da mediação na educação em museus de ciências: O caso dos mediadores do museu de astronomia e ciências afins/ Brasil. Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências, 2(2), 77-88.

Rabelo, D. B. B., & Coelho, G. R. (2018). As contribuições do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID) do subprojeto de Biologia da UFES para a profissionalização docente de seus bolsistas e formação continuada do coordenador de área. Investigações em Ensino de Ciências, 23(2), 190-210.

Rodrigues, A. L. L., Do Amaral Costa, C. L. N., Prata, M. S., Batalha, T. B. S., & Neto, I. D. F. P. (2013). Contribuições da extensão universitária na sociedade. Cadernos de Graduação – Ciências Humanas e Sociais, 1(16), 141-148.

Saad, F. D. (2001). Explorando o emocional do visitante durante um Show de Física. In S. Crestana (Ed.) Educação Para a Ciência – Curso para treinamento em centros e museus de ciência. (pp. 159-161). São Paulo: Livraria da Física.

Santos, J., Rocha, B., & Passaglio, K. (2016). Extensão universitária e formação no ensino superior. Revista Brasileira de Extensão Universitária, 7(1), 23-28.

Siman, M., Tamiasso, S., Ambrózio, R. & Camiletti, G. (2014). Análise de alguns impactos na estrutura conceitual dos alunos após a visita a um Show de Física. Anais do ENPEC-Encontro de Pesquisa em Ensino de Ciências, 11, Águas de Lindóia-SP. [S. l.]: UFRJ/ABRAPEC. Recuperado de http://www.nutes.ufrj.br/abrapec/ixenpec/atas/resumos/R1680-1.pdf

Tamiasso, S., Bassani, N., Ameixa, G., Gomes, T. & Camiletti, G. (2012). Aspectos de uma atividade de divulgação Científica que podem contribuir para o trabalho de professores em serviço e para a motivação dos estudantes. Anais do XIV EPEF-Encontro de Pesquisa em Ensino de Física, Maresias-SP. [S. l.]: Sociedade Brasileira de Física. Recuperado de http:// www.sbf1.sbfisica.org.br/eventos/epef/xiv/sys/resumos/T0115-1.pdf

Tamiasso S., Siman, M., Ambrózio, R. & Camiletti, G. (2013). Uma avaliação sobre a opinião e a motivação dos estudantes que participaram de um Show de Física. Anais do ENPEC- Encontro de Pesquisa em Ensino de Ciências, 11, Águas de Lindóia-SP. [S. l.]: UFRJ/ABRAPEC. Recuperado de http://www.nutes.ufrj.br/abrapec/ixenpec/atas/resumos/R1661-1.pdf

Publicado
21-07-2020
Como Citar
CAMILETTI, G.; COELHO, G. Show de Física: contribuições para formação pessoal, acadêmica e profissional dos mediadores. Revista Brasileira de Extensão Universitária, v. 11, n. 2, p. 213-225, 21 jul. 2020.
Seção
Artigos