Prevalência de obesidade dos usuários do Sistema Único de Saúde do município de Chapecó, Santa Catarina.

  • Valéria Caveglion UNOCHAPECÓ

Resumo

O estudo teve como objetivo avaliar a prevalência de obesidade em pacientes cadastrados no Sistema Único de Saúde em Chapecó, Santa Catarina, identificar o estado nutricional dos pacientes cadastrados, relacionar a obesidade com a faixa etária e o sexo dos pacientes e comparar o estado nutricional dos pacientes obesos com o sobrepeso e a obesidade grave. É um estudo observacional, transversal e retrospectivo, que incluiu a análise dos dados dos atendimentos com os CIDs E660, E661, E662, E668 e E669 realizados no Sistema Único de Saúde do município de Chapecó-SC, no período de janeiro a dezembro de 2017. Para análise estatística foi utilizado IBM SPSS® versão 19.0. A pesquisa aponta que esta doença crônica afetou o município de Chapecó no ano de 2017, de forma mais significativa na parcela adulta da população, porém a faixa etária mais jovem do estudo (18-24 anos) foi acometida pela forma mais grave da doença, o que exige dos serviços de saúde, e dos próprios jovens e adultos, uma atenção especial para essa enfermidade priorizando o acesso e qualidade na assistência aos obesos a fim de prevenir ou minimizar as consequências associadas à obesidade.  
Publicado
13-06-2018
Como Citar
CAVEGLION, Valéria. Prevalência de obesidade dos usuários do Sistema Único de Saúde do município de Chapecó, Santa Catarina.. I Simpósio de Urgências e Emergências e II Semana Acadêmica do Curso de Medicina da Universidade Federal da Fronteira Sul, [S.l.], v. 1, n. 1, jun. 2018. Disponível em: <https://periodicos.uffs.edu.br/index.php/SUE/article/view/7866>. Acesso em: 19 jan. 2019.