DESAFIOS À QUALIFICAÇÃO DE DIRIGENTES DE COOPERATIVAS DA AGRICULTURA FAMILIAR

  • João Guilherme Dal Belo Leite Universidade Federal da Fronteira Sul - UFFS
  • James Luiz Berto
  • Pedro Ivan Christoffoli

Resumo

A implementação do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) e da nova política de Ater, entre 2009 e 2010, criou condições ao avanço do mercado institucional e dos serviços de assistência técnica e extensão rural em todo o país. No entanto, dificuldades de gestão e de organização produtiva mostraram ser limitações importantes entre as organizações da agricultura familiar. O objetivo deste trabalho é apresentar características do perfil das cooperativas que se apresentam como desafios para projetos de qualificação de dirigentes de cooperativas da agriculta familiar, como o executado pela UFFS entre 2016 e 2018. Os dados sobre o perfil das cooperativas e dirigentes foram coletados durante o primeiro semestre de 2018 através de questionário online. Identificou-se que a maioria dos dirigentes têm ensino médio completo e que 90% das cooperativas/associações têm até 200 associados. Os principais desafios incluem a construção do aprendizado em consonância com as expectativas e limitações dos participantes e a capacitação para o acesso às políticas públicas de forma efetiva.
Publicado
02-10-2018
Como Citar
DAL BELO LEITE, João Guilherme; BERTO, James Luiz; CHRISTOFFOLI, Pedro Ivan. DESAFIOS À QUALIFICAÇÃO DE DIRIGENTES DE COOPERATIVAS DA AGRICULTURA FAMILIAR. SEMINÁRIO INTEGRADOR DE EXTENSÃO, [S.l.], v. 1, n. 1, out. 2018. Disponível em: <https://periodicos.uffs.edu.br/index.php/SIE/article/view/10388>. Acesso em: 20 jan. 2019.