IMPACTOS SOCIONATURAIS EM CONTEXTOS HIDRELÉTRICOS DA RAIA SANTA CATARINA-RIO GRANDE DO SUL

  • Eliezer Bosa Universidade Federal da Fronteira Sul - Chapecó (SC)
  • Reginaldo José De Souza UFFS

Resumo

Este projeto está vinculado a um projeto mais amplo, intitulado “Urbanização e hibridação socionatural em contextos hidrelétricos”, coordenado pelo Prof. Dr. Igor de França Catalão, com a colaboração do Prof. Dr. Reginaldo Souza, nosso orientador. A proposta, que conta com o apoio financeiro da FAPESC (Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina), visa compreender a produção da socionatureza na Raia Santa Catarina-Rio Grande do Sul, analisando as instalações de empreendimentos hidrelétricos, e as transformações causadas por estes na paisagem e território de municípios gaúchos e catarinenses. Para tal análise nos embasamos em algumas referências que são o norte da pesquisa, como o conceito de socionatureza abordada por SWYNGEDOUW (2001), e neste sentido também, HARAWAY (2009) que nos explica sobre a sociedade cyborg, estas duas concepções teóricas nos levam a pensar o sociedade híbrida oriunda de uma fusão entre o artificial e o natural. Estes fenômenos citados acima, serão analisados pela ótica da paisagem, onde abordaremos duas correntes diferentes, a naturalista, que valoriza as relações entre potencial ecológico e exploração biológica defendida por BERTRAND (1968), e a sociocultural que diz respeito ao modo como as pessoas interpretam as mudanças ocorridas nos seus espaços de vivências através de paisagens construídas, onde CLAVAL (2007) é nossa principal referência.
Publicado
13-09-2018
Como Citar
BOSA, Eliezer; DE SOUZA, Reginaldo José. IMPACTOS SOCIONATURAIS EM CONTEXTOS HIDRELÉTRICOS DA RAIA SANTA CATARINA-RIO GRANDE DO SUL. JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA, [S.l.], v. 1, n. 8, set. 2018. ISSN 2526-205X. Disponível em: <https://periodicos.uffs.edu.br/index.php/JORNADA/article/view/8707>. Acesso em: 16 jan. 2019.