IDENTIFICAÇÃO DE TEXTURAS DO RELEVO NA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO APUAÊ-MIRIM, RIO GRANDE DO SUL, BRASIL

  • André Ricardo Furlan UFFS
  • Romario Trentin UFSM

Resumo

A análise de dados morfométricos em bacias hidrográficas tornam-se indispensáveis para um primeiro diagnostico ambiental. Esses procedimentos são consagrados para o estudo geográfico. Essa análise proporciona uma compreensão da dinâmica atual do relevo, apresenta um primeiro passo para implementação de um ordenamento territorial. O objetivo geral desse trabalho consta em identificar diferentes texturas do relevo na bacia hidrográfica do rio Apuaê – Mirim, com auxílio de Sistema de Informação Geográfica (SIG). A bacia hidrográfica situa-se no norte do estado do Rio Grande do Sul. Como material utilizou-se dados do terreno SRTM arcsec (90 metros) para gerar hipsometria e declividade e da base hidrográfica 1:50.000 para realizar a aplicação da metodologia da hierarquia fluvial. Como resultado identificou-se que predominam duas classes de textura de relevo, um composto por colinas onduladas que compõe o Planalto das Missões e dos Campos Gerais, e outro um relevo que forma o Planalto Dissecado do rio Uruguai.
Publicado
02-11-2018
Como Citar
FURLAN, André Ricardo; TRENTIN, Romario. IDENTIFICAÇÃO DE TEXTURAS DO RELEVO NA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO APUAÊ-MIRIM, RIO GRANDE DO SUL, BRASIL. XXXV Encontro Estadual de Geografia (EEG) 2018 - “A diversidade da Geografia e a Geografia da diversidade nas primeiras décadas do século XXI”, [S.l.], n. 35, p. 12, nov. 2018. ISSN 1983-070X. Disponível em: <https://periodicos.uffs.edu.br/index.php/EEG/article/view/10465>. Acesso em: 19 jan. 2019.