USO DE POLIURETANO ASSOCIADO A LIPASES NÃO COMERCIAIS EM REATOR TUBULAR COMO FORMA DE EMPACOTAMENTO E IMOBILIZAÇÃO SIMULTÂNEOS VISLUMBRANDO A PRODUÇÃO DE BIODIESEL

  • Liane Carmen Ruszczyk UFFS
  • Luiz Felipe Klein
  • Clarissa Dalla Rosa

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo a aplicação de um reator visando a produção de biodiesel via catálise enzimática, a partir de óleo de soja refinado, utilizando como catalisador uma lipase imobilizada em poliuretano. Para isso, foi realizado um planejamento, onde foram definidas as condições experimentais e realizados cálculos preliminares. Deste modo, para cada ensaio foi preparado um meio reacional contendo óleo e etanol na razão molar 1:6 e 10% de água sobre o volume total. Este meio reacional foi mantido à agitação e temperatura constantes de 70°C por 10 horas, onde a cada tempo pré-determinado foi coletada uma amostra. Após o planejamento foram realizados os testes, para a atividade enzimática inicial foi utilizada a metodologia adaptada dos procedimentos descritos por Nyari (2017). Para a determinação de AGL foi empregada a metodologia de Freire et al. (1997), e para a conversão de ésteres seguiu-se a NE 14103. Os resultados alcançados não foram satisfatórios, no entanto observa-se uma pequena conversão em ésteres (7,37%; 6,01%; 2,88%), o que comprova o funcionamento do sistema proposto e por isso sugere-se uma melhora no sistema contínuo empregado e a realização de novos testes com diferentes parâmetros, buscando a otimização do processo.
Publicado
17-09-2018
Como Citar
RUSZCZYK, Liane Carmen; KLEIN, Luiz Felipe; ROSA, Clarissa Dalla. USO DE POLIURETANO ASSOCIADO A LIPASES NÃO COMERCIAIS EM REATOR TUBULAR COMO FORMA DE EMPACOTAMENTO E IMOBILIZAÇÃO SIMULTÂNEOS VISLUMBRANDO A PRODUÇÃO DE BIODIESEL. JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA, [S.l.], v. 1, n. 8, set. 2018. ISSN 2526-205X. Disponível em: <https://periodicos.uffs.edu.br/index.php/JORNADA/article/view/8769>. Acesso em: 16 jan. 2019.