PREVALÊNCIA DE NÃO CONTROLE DE PRESSÃO ARTERIAL EM INDIVÍDUOS HIPERTENSOS SOB TRATAMENTO.

  • Vanessa Pelicioli UFFS
  • Priscila Sabrina Post
  • Júlio César Stobbe
  • Gustavo Olzanski Acrani
  • Ivana Loraine Lindemann

Resumo

Estudo quantitativo, observacional, transversal descritivo, conduzido em Passo Fundo, RS, com uma amostra constituída por conveniência de indivíduos em atendimento nos Centros de Atenção Integral à Saúde (CAIS) de agosto de 2018 a julho de 2019. Foram incluídos aquelescom ≥ 20 e  ≤ 59 anos de idade,de ambos os sexos,com tempo de diagnóstico ≤05 anos e excluídos portadores de deficiência física ou mental. Foram coletadas informações do prontuário e aplicação de questionário estruturado. Dados sobre aspectos sociodemográficos, de saúde e de comportamento e, em seguida, foram aferidos pressão arterial (conforme técnica descrita nas Diretrizes Brasileiras de Hipertensão Arterial Sistêmica), peso e altura. Após a digitação dos dados, a estatística descritiva foi realizada no PSPP (distribuição livre). O protocolo do estudo foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa com Seres Humanos da instituição.
Publicado
14-09-2018
Como Citar
PELICIOLI, Vanessa et al. PREVALÊNCIA DE NÃO CONTROLE DE PRESSÃO ARTERIAL EM INDIVÍDUOS HIPERTENSOS SOB TRATAMENTO.. JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA, [S.l.], v. 1, n. 8, set. 2018. ISSN 2526-205X. Disponível em: <https://periodicos.uffs.edu.br/index.php/JORNADA/article/view/8764>. Acesso em: 16 jan. 2019.