QUALIDADE DE SEMENTES DE FEIJÃO DO TIPO PRETO SUBMETIDAS A TEMPERATURAS DE SECAGEM, SISTEMAS E PERÍODOS DE ARMAZENAMENTO

  • Josiel Ricardo Toni Universidade Federal da Fronteira Sul - campus Erechim
  • Maurício Albertoni Scariot Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Felipe Bianchessi Universidade Federal da Fronteira Sul - campus Erechim
  • Leandro Galon Universidade Federal da Fronteira Sul - campus Erechim
  • Gismael Francisco Perin Universidade Federal da Fronteira Sul - campus Erechim

Resumo

A qualidade máxima de uma semente é expressada na maturidade fisiológica. Após a colheita é necessário a secagem artificial, no entanto deve-se ter cuidado com a temperatura do ar para que não haja danos na semente. O armazenamento das sementes visa conservar a qualidade da sementes provindas do campo, dessa maneira o sistema de armazenagem deve proporcionar condições ideiais, quanto ao controle de umidade e temperatura. Objetivou-se avaliar a qualidade de sementes feijão do tipo preto submetidas a temperaturas de secagem, sistemas e períodos de armazenamento. Utilizou-se sementes de feijão IPR Tuiuiu cultivado na área experimental da UFFS Campus Erechim/RS. Realizou-se a colheita quando as sementes atingiram teor de água de 21,8%. A seagem artificial foi realizada nas temperaturas 35, 45 e 55º C. A armazenagem foi realizada nos sistemas hermético e não hermético, sendo as análises realizadas nos 0, 120 e 240 dias de armazenamento. Adotou-se delineamento inteiramente casualizado em esquema fatorial 3 x 3 x 2, com quatro repetições. Realizou-se os testes de teor de água, condutividade elétrica, germinação e envelhecimento acelerado. O aumento da temperatura de secagem e do período de armazenamneto reduziu a qualidade das sementes. O sistema hermético proporcionou melhores condições de armazenemento das sementes.

##submission.authorBiography##

Josiel Ricardo Toni, Universidade Federal da Fronteira Sul - campus Erechim
Acadêmico do curso de Agronomia da Universidade da Fronteira Sul - campus Erechim. Bolsista da FAPERGS na área de produção, tecnologia, beneficiamento e pós-colheita de sementes e grãos.
Publicado
14-09-2018
Como Citar
TONI, Josiel Ricardo et al. QUALIDADE DE SEMENTES DE FEIJÃO DO TIPO PRETO SUBMETIDAS A TEMPERATURAS DE SECAGEM, SISTEMAS E PERÍODOS DE ARMAZENAMENTO. JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA, [S.l.], v. 1, n. 8, set. 2018. ISSN 2526-205X. Disponível em: <https://periodicos.uffs.edu.br/index.php/JORNADA/article/view/8760>. Acesso em: 16 jan. 2019.