AVALIAÇÃO FENOTÍPICA DE 160 GENÓTIPOS DE GOIABEIRA DEPOIS DE SUBMETIDO À BAIXA TEMPERATURA

  • Bachelor Louis Universidade Federal da Fronteira Sul Campus Chapecó (UFFS)
  • Alice Silva Santana Universidade Federal da Fronteira Sul
  • Jean do Prado Universidade Federal da Fronteira Sul
  • Lucas Roberto Culau Universidade Federal da Fronteira Sul
  • Clevison Luiz Giacobbo Universidade Federal da Fronteira Sul

Resumo

O objetivo com este trabalho é avaliar o comportamento vegetativo de 159 genótipos de goiabeiras que apresentaram tolerância à geada. O trabalho foi conduzido na  Universidade Federal da Fronteira Sul-Chapecó. Analisou-se 159 acessos de goiabeira oriundos de polinização aberta entre as cultivares Paluma, Pedro Sato, Século XXI e Cortibel. O espaçamento entre linhas de 5m e 4m entre planta. Oram feitas as avaliações de plantas rebrotadas e mortas, um mês após a incidência da geada e o comportamento vegetativo das plantas 12 meses após. Para agrupar os acessos em dissimilaridade fenotípica foi construido um dendograma de dissimilaridade genética através do programa R. Dentre os 159 genótipos avaliados, encontraram-se oito que apresentaram diferença em seu ponto de rebrote em relação aos demais. O grupo I é formado por um genótipo, este se destaca fenotipicamente diferente a todos os genótipos de todos os outros grupos. O grupo apresenta 2 genótipos que se distinguiram com rebrote a partir do seus ramos, o grupo IV possui apenas um genótipo com rebrote na parte aérea. No grupo V observa-se o agrupamento de 71 genótipos, encontrou-se cinco genótipos que apresentaram rebrote aéreo. O grupo I apresentou melhor tolerância a geada em relação aos demais genótipos.
 
Publicado
14-09-2018
Como Citar
LOUIS, Bachelor et al. AVALIAÇÃO FENOTÍPICA DE 160 GENÓTIPOS DE GOIABEIRA DEPOIS DE SUBMETIDO À BAIXA TEMPERATURA. JORNADA DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA E TECNOLÓGICA, [S.l.], v. 1, n. 8, set. 2018. ISSN 2526-205X. Disponível em: <https://periodicos.uffs.edu.br/index.php/JORNADA/article/view/8613>. Acesso em: 16 jan. 2019.