REFLEXÕES SOBRE NATUREZA, TERRITÓRIO E TERRITORIALIDADE

  • Márcio Estrela de Amorim IFSul

Resumo

No presente artigo, apresentaremos uma breve análise sobre os conceitos de natureza, território e territorialidade. Nossa intenção érefletir sobre como as noções acerca desses conceitos foram forjadas e articuladas, desde suas concepções da Modernidade até a Pós-Modernidade. Para tanto, pautaremo-nos na produção teórica de importantes autores da Ciência Geográfica, desde os mais clássicos até os contemporâneos. Nesse caminho, buscaremos mostrar como a compreensão de tais conceitos esteve intrinsicamente relacionada aos processos políticos, econômicos, sociais e ambientais colocados em curso. Inicialmente, discorreremos sobre como a visão dicotômica entre natureza e sociedade, baseada na apropriação da natureza a partir de sua percepção como bem a ser explorado, legitimou o discurso e a prática colonizatória. Na sequência, procuraremos evidenciar como a compreensão a respeito do conceito de território desenvolveu-se permeada pela noção de posse, apropriação e poder. Por fim, veremos que, com o avanço dos estudos culturais em geografia, a dimensão cultural passou a integrar de modo estruturante a análise da identidade territorial, permitindo melhor compreensão das construções coletivas espaciais na formação das territorialidades.
Publicado
30-10-2018
Como Citar
AMORIM, Márcio Estrela de. REFLEXÕES SOBRE NATUREZA, TERRITÓRIO E TERRITORIALIDADE. XXXV Encontro Estadual de Geografia (EEG) 2018 - “A diversidade da Geografia e a Geografia da diversidade nas primeiras décadas do século XXI”, [S.l.], n. 35, p. 10, out. 2018. ISSN 1983-070X. Disponível em: <https://periodicos.uffs.edu.br/index.php/EEG/article/view/10425>. Acesso em: 19 jan. 2019.