O PROCESSO SAÚDE-DOENÇA E O CUIDADO: REFLEXÕES À LUZ DA FENOMENOLOGIA

  • Lucas Corrêa Preis Universidade Federal de Santa Catarina Campus Florianópolis
  • Débora Batista Rodrigues Universidade Federal de Santa Catarina Campus Florianópolis
  • Isadora Ferrante Boscoli de Oliveira Alves Universidade Federal de Santa Catarina Campus Florianópolis
  • Ângela Maria Alvarez Universidade Federal de Santa Catarina Campus Florianópolis
  • Rosane Gonçalves Nitschke Universidade Federal de Santa Catarina Campus Florianópolis

Resumo

Objetivo: Discutir e refletir acerca do processo saúde-doença na perspectiva do pensamento fenomenológico, considerando as interfaces do cuidado em saúde e enfermagem. Método: Trata-se de um estudo reflexivo, desenvolvido a partir das discussões ocorridas no decorrer da disciplina intitulada “Concepções teórico-filosóficas no Processo de Cuidar em Enfermagem e Saúde”, do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem da Universidade Federal de Santa Catarina e análise crítica de literatura científica da enfermagem agregada ao processo saúde-doença e a fenomenologia. Resultados: O termo fenomenologia surgiu em meio ao século XX, trazendo uma crítica em relação à visão tradicional da ciência e propondo a compreensão dos fenômenos, por meio da descoberta de sua essência. Pensar o cuidado em saúde e enfermagem sob o aspecto fenomenológico no mundo contemporâneo mostra-nos um modo de ser do cuidado que almejamos, onde a preocupação com o outro traduz a essência da preservação da vida. O avanço científico dos últimos tempos tem trazido para a saúde e a enfermagem profundas mudanças que se caracterizaram principalmente pela fragmentação e pela compartimentalização do objeto de seu cuidado. Como consequência lógica e, poderíamos dizer inevitáveis dessa fragmentação, surgiram e se impuseram de forma efetiva, as regras, rotinas, normas e regulamentos, que acabaram por massificar o cuidado, referindo-se muito mais à doença que aos seres humanos e perdendo a visão holística. Nesse cenário, a manifestação dos modos do cuidado está cada vez mais notável por métodos tecnológicos, tendo maior escassez o cuidado constituído pelas vivências e experiências humanas. Apesar do processo saúde-doença ser articulado a uma variedade de significados, predomina historicamente um sentido geral de funcionalidade. Nesta perspectiva, os cuidados terapêuticos, que também se proliferam em grande diversidade, inscrevem-se no campo das atividades técnicas especializadas, regidas em suas realizações cotidianas por uma lógica de mercado. Conclusão: A fenomenologia constitui uma possibilidade de se pensar, fundamentar e desenvolver a ação de cuidado tendo como eixo norteador as relações estabelecidas com o mundo e com a vida. O cuidado sob o olhar fenomenológico assume características essenciais, na medida em que proporciona aos profissionais de saúde desvelar suas ações cotidianas imanentes ao ser que cuida e o ser que é cuidado. Sendo assim, é válido que os profissionais apropriem-se e façam uso do método fenomenológico para embasar e aprimorar o cuidado desempenhado em saúde e enfermagem. Fica evidente a necessidade de novos estudos que busquem estratégias para aproximar o saber, o pensar e o fazer, de forma que se criem espaços dialógicos que permitam a construção de ações de cuidado em todas as dimensões do processo saúde-doença.

##submission.authorBiography##

Lucas Corrêa Preis, Universidade Federal de Santa Catarina Campus Florianópolis
Enfermeiro graduado pelo Centro Universitário Barriga Verde - UNIBAVE (2016). Atualmente realiza Mestrado em Enfermagem pelo Programa de Pós Graduação em Enfermagem da Universidade Federal de Santa Catarina (PEN/UFSC). É membro do Laboratório de Pesquisa, Tecnologia e Inovação na Saúde da Criança e do Adolescente (GEPESCA/UFSC) e do Núcleo de Estudos Aplicados a Saúde (NEAS/UNIBAVE). Além disso, é aluno do Curso de Especialização em Gestão em Saúde pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Durante a graduação (2014-2016), desenvolveu atividades de iniciação cientifica no Núcleo de Estudos Aplicados a Saúde (NEAS/UNIBAVE) como bolsista pelo Fundo de Apoio à Manutenção e ao Desenvolvimento da Educação Superior (FUMDES) e com pesquisas ligadas a Epidemiologia, Políticas de Saúde e Gestão em Saúde. Atualmente, tem como linha de pesquisa os Modelos e Tecnologias para o Cuidado em Saúde e Enfermagem.
Publicado
23-02-2018
Como Citar
PREIS, Lucas Corrêa et al. O PROCESSO SAÚDE-DOENÇA E O CUIDADO: REFLEXÕES À LUZ DA FENOMENOLOGIA. Congresso Internacional de Políticas Públicas de Saúde, [S.l.], v. 1, n. 1, fev. 2018. Disponível em: <https://periodicos.uffs.edu.br/index.php/CIPPS/article/view/7121>. Acesso em: 20 jan. 2019.
Seção
Saberes e Práticas de Atenção à Saúde