ARPILLERAS DA CACHOEIRA RETRATAM A ATUAÇÃO FEMININA NO MANEJO DAS ÁGUAS

  • Silvana Grittem Colégio Estadual do Campo de Cachoeira - PR
  • Ana Carolina Bueno Chaves CECC-PR
  • Marta Brassi Malinoski CECC-PR

Resumo

Esta pesquisa objetiva analisar a atuação feminina no manejo das águas do Brasil, destacando a atuação das mulheres atingidas por barragens que residem na península do Cavernoso e no distrito de Cachoeira, no município de Candói, Paraná. Salienta-se que os impactos socioambientais ocasionados pela construção de barragens, sobretudo no meio rural, afeta diretamente muito mais mulheres e meninas. Notoriamente, documentos internacionais sobre meio ambiente revelam que a participação da mulher na tomada das decisões sobre o destino das águas garante efetividade e sustentabilidade na gestão dos recursos hídricos. Dessa forma, salienta-se a forte representatividade feminina dentro do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB), que nos últimos anos vem se manifestando com técnicas de arpilleras. 

Referências

BRASIL. Lei Nº 6.938, de 31 de agosto de 1981. Dispõe sobre a Política Nacional do Meio Ambiente, seus fins e mecanismos de formulação e aplicação, e dá outras providências. Brasília, DF: Senado 1981.

__________. II Plano Nacional de Políticas para Mulheres. Brasília, 2008.

GARCIA, L. Água em três movimentos: sobre mitos, imaginário e o papel da mulher no manejo das águas. Revista Gaia Scientia, 2007, 1(1): 17-23.

GATTI, B. A. Grupo focal na pesquisa em Ciências sociais e humanas. Brasília: Líber Livro 2005.

MORGAN, D.L. Focus groups as qualitative research. Beverly Hills, SAGE Publications, 1996.

PNUD. A água para lá da escassez: poder, pobreza e a crise mundial da água. Relatório do Desenvolvimento Humano 2006. USA, 2006.

WOLKMER, M. de F. S. O desafio ético da água: de necessidade básica a direito humano. In: WOLKMER, M. de F. S.; PETTERS, M. (orgs) Crise ambiental, direitos à água e sustentabilidade: visões multidisciplinares. Caxias do Sul, RS: Educs, 2012.

ZINATO, M. C. A mulher na gestão da água. Disponível em: https://www.tratamentodeagua.com.br/artigo/a-mulher-na-gestao-da-agua Acesso em: 16 de Ago. 2017.
Publicado
15-12-2017
Como Citar
GRITTEM, Silvana; CHAVES, Ana Carolina Bueno; MALINOSKI, Marta Brassi. ARPILLERAS DA CACHOEIRA RETRATAM A ATUAÇÃO FEMININA NO MANEJO DAS ÁGUAS. Congresso Internacional de Educação da UFFS LS - Território Cantuquiriguaçu, [S.l.], dez. 2017. ISSN 2595-1122. Disponível em: <https://periodicos.uffs.edu.br/index.php/CANTU/article/view/6931>. Acesso em: 17 jan. 2019.